Mesmo sem estrelas, América domina o Mundial de Hóquei no Gelo

Canadá segue como time a ser batido no Mundial (Matt Zambonin/HHOF-IIHF Images)

Canadá e Estados Unidos não contam com seus principais atletas no Mundial masculino de Hóquei no Gelo dessa temporada, mas nem isso impediu que os dois países liderassem seus grupos na primeira fase da competição. A etapa inicial terminou na última terça-feira, 16 de maio, e oito times avançaram para as quartas de final. 

Atual bicampeã mundial, a seleção canadense obteve seis vitórias e apenas uma derrota no overtime para a Suíça. Dessa forma, conquistou 19 dos 21 pontos possíveis na primeira fase e liderou com folga o Grupo B do Mundial, sediado em Paris, na França. Mesmo sem Sidney Crosby e Connor McDavid, dois dos melhores atletas da NHL, o Canadá montou um time forte com remanescentes das conquistas anteriores, como Marc Edouard Vlasic, Matt Duchene e Claude Giroux.

Já a seleção dos Estados Unidos, que não conquista o Mundial desde 1960, surpreendeu a Rússia e liderou o Grupo A sediado em Colônia, na Alemanha. O país obteve seis vitórias e uma derrota no tempo normal (para os donos da casa) e terminou a etapa inicial com 18 pontos. A equipe também não levou as estrelas da NHL e apostou em jovens atletas: com exceção do goleiro Jim Howard, o jogador mais velho é o atacante Anders Lee, de 26 anos. 

EUA derrotaram a Rússia (Andre Ringuette/HHOF-IIHF Images)
Ainda no Grupo A, a Rússia terminou com 17 pontos e ficou na vice-liderança - a equipe liderava até a última rodada, mas perdeu para os norte-americanos por 5 a 3 e foi ultrapassado pelos rivais. A Suécia também confirmou seu favoritismo e foi a terceira colocada, com 16 pontos. A Alemanha, por sua vez, aproveitou o apoio da torcida e ficou na quarta posição, garantindo a última vaga às quartas de final. Com um ponto, a Itália foi rebaixada para o Grupo A da Divisão 1.

Pelo Grupo B, a Suíça derrotou o Canadá, mas não ameaçou a liderança dos rivais e terminou na vice-liderança com 15 pontos. A República Tcheca ficou na terceira colocação com 13 e a Finlândia, atual vice-campeã mundial de hóquei no gelo, fez apenas 11 pontos e ficou com a última vaga da chave às quartas de final. Já a Eslovênia também fez um ponto e caiu para a divisão de acesso em 2018. 

As quartas de final acontecem nessa quinta-feira. Na Alemanha, os Estados Unidos têm um jogo duríssimo contra a Finlândia, enquanto que os donos da casa tentam surpreender os canadenses. Na França, a Rússia enfrenta a República Tcheca e a Suíça joga contra a Suécia. Quem vencer avança à semifinal no sábado, 20 de maio. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.