Nos pênaltis, Suécia conquista Mundial masculino de Hóquei no Gelo

Suécia comemora título mundial de 2017 (Andre Ringuette/HHOF-IIHF Images)

Acabou a hegemonia do Canadá no hóquei no gelo masculino. O país, atual campeão olímpico, bi mundial e vencedor da Copa do Mundo em 2016, viu a Suécia levar a melhor nos pênaltis e conquistar o título mundial dessa temporada. A final foi realizada nesse domingo, 21 de maio, na LANXESS Arena, em Colônia, na Alemanha.

Esse é o décimo título sueco no Mundial masculino de Hóquei no Gelo - é o terceiro país mais vitorioso da competição, atrás apenas do Canadá e da Rússia. Além disso, a seleção escandinava (conhecida como Tre Konor por conta das três coroas em sua camisa) quebra um incômodo tabu: após três pratas, é a primeira vez que derrota os canadenses em uma final de mundial. 

A conquista, porém, não foi fácil. No tempo normal, Victor Hedman abriu o placar para a Suécia no fim do segundo período, mas o canadense Ryan O'Reilly empatou no começo do último tempo do jogo. Nem mesmo o overtime tirou a igualdade do placar, levando a decisão ao penalty shot pela primeira vez desde 1994. 

A partir daí brilhou a estrela de Henrik Lundqvist, goleiro sueco e uma das principais estrelas da NHL. Ele defendeu três das quatro cobranças do Canadá e ainda viu Ryan O'Reilly desperdiçar outro chute. Enquanto isso, Nicklas Backstrom e Oliver Ekman-Larsson fizeram os gols que garantiram o título mundial da Suécia em 2017. 

"Henrik fez um fantástico jogo, garantindo a nós a chance de vencer em qualquer momento. Nós sabemos a sua qualidade. Ele é vencedor e mostrou isso hoje. É um atleta que cresce em grandes jogos. Basta olhar seus números nos últimos jogos de playoffs e também pela Suécia", comentou o sueco Marcus Kruger. 

Além do título, a Suécia também teve o MVP (jogador mais valioso) da competição. O jovem William Nylander, 21 anos, foi eleito pelos jornalistas especializados. Ainda nesse domingo, a Rússia derrotou a Finlândia por 5 a 3 e encerrou o Mundial de Hóquei no Gelo com a medalha de bronze.

O fim do Mundial masculino de Hóquei no Gelo também representa o encerramento oficial da temporada 2016/2017 dos esportes de inverno. A partir de julho, os atletas intensificarão seus treinamentos porque sabem que as próximas competições representarão o início da temporada olímpica. 

Confira os melhores momentos da final do Mundial masculino de Hóquei no Gelo: 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.