De olho em 2018, Isadora Williams lança "vaquinha virtual"

Isadora Williams (Divulgação/CBDG)

Da mesma forma que em 2013, quando conquistou a inédita classificação olímpica, a atleta Isadora Williams conta com o apoio dos fãs e torcedores para lutar por mais uma classificação na patinação artística no gelo. A jovem, 21 anos, iniciou na semana passada um financiamento coletivo na web para arrecadar fundos e potencializar sua preparação no segundo semestre desse ano. 

A brasileira almeja arrecadar US$ 5 mil (algo em torno de R$ 16 mil) para aperfeiçoar seus treinamentos até o Troféu Nebelhorn, entre 27 e 30 de setembro em Oberstdorf, na Alemanha. A competição novamente servirá de repescagem para as últimas vagas da patinação artística nos Jogos Olímpicos de Inverno. Restam ainda seis cotas na disputa feminina. 

Apesar de registrar uma evolução em suas apresentações nas últimas temporadas, Isadora Williams percebeu que era preciso ir além para participar de sua segunda Olimpíada. No Mundial da modalidade nesse ano, por exemplo, ela fez uma apresentação limpa, mas terminou na 30ª colocação - longe da vaga olímpica.  

O objetivo é utilizar o dinheiro arrecadado para investir em aulas de saltos e melhorar seu figurino, principalmente para o programa curto. A "vaquinha virtual" vai complementar o apoio que a Isadora já possui da CBDG e do programa Solidariedade Olímpica. De acordo com o Globoesporte.com, a soma desses valores corresponde a 70% dos US$ 8 mil (algo em torno de R$ 25 mil) que ela precisa mensalmente. 

A patinação artística é uma das modalidades mais caras do programa olímpico. Entre os custos envolvidos estão o aluguel da pista de gelo onde treina, os equipamentos, os treinamentos dentro e fora do gelo (o que inclui musculação, ballet, patinação, entre outros), a coreografia, o figurino, etc. Além disso, Isadora entrou para a universidade nessa temporada e passou a residir em Little Falls, Nova Jersey - o que ajudou a encarecer esse processo. 

A campanha pode ser conferida aqui e não tem data para acabar. Até terça-feira, 9 de maio, Isadora já havia arrecadado US$ 590, algo próximo de R$ 1880. A brasileira precisa do apoio de vocês para continuar escrevendo a história da patinação artística do país no cenário internacional. 

Novos programas

Para conquistar a vaga olímpica, Isadora Williams resolveu mudar suas duas apresentações para a próxima temporada. A partir de julho, ela vai se apresentar no programa curto ao som de "Hallelujah", na voz de KD Lang, e com a música Nyah, interpretada por CH2 no programa longo. As próximas semanas serão de intenso trabalho para treinar a coreografia. Provavelmente entre julho e agosto ela deve participar de suas primeiras competições para testar os dois programas. 

Confira a música Hallelujah na voz de KD Lang:


Confira a música Nyah, com participação da CH2: 


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.