Suíça vira no fim e é campeã mundial de curling em duplas mistas

Suíços comemoram mais um título mundial nas duplas mistas (Richard Gray/WCF)

Quando se´pensa no curling de duplas mistas, é impossível não lembrar da força das equipes suíças. O pequeno país europeu mostrou, mais uma vez, o seu domínio no esporte nesse sábado, 29 de abril, ao conquistar o título mundial da modalidade. A competição aconteceu ao longo da última semana e foi realizada em Lethbridge, no Canadá. 

Dessa forma, a Suíça conquistou o seu sexto título em dez edições do Mundial de Curling de Duplas Mistas - de longe o país mais vitorioso na categoria e com a impressionante marca de 100% de aproveitamento em decisões. Já o Canadá, mesmo com a derrota na final, registrou sua melhor campanha na história. 

Contudo, a Suíça teve que se desdobrar para conquistar o troféu desta temporada. A dupla canadense começou bem a partida, anulando as principais jogadas adversárias e roubando pontos importantes. No penúltimo end, por exemplo, o Canadá vencia por 5 a 2 e parecia próximo da medalha de ouro.

Foi aí que entrou o brilho dos suíços Jenny Perret e Martin Rios. Com uma boa estratégia no último período do jogo, eles conseguiram nada menos do que quatro pontos e venceram por incríveis 6 a 5! "É um sonho realizado - jogar contra o Canadá em uma final de Mundial, no Canadá, e vencê-los no último end", comemorou Martin Rios, campeão mundial também em 2012. 


Vice-campeã em 2016, a China garantiu a medalha de bronze nesse ano após vencer a República Tcheca por 6 a 2 na disputa do terceiro lugar. A Noruega foi a quinta colocada ao derrotar a Coreia do Sul por 9 a 2. Campeã mundial no ano passado, a Rússia decepcionou e terminou apenas na nona colocação. 

O encerramento do Mundial de Curling de Duplas Mistas representa também o fim da temporada entre seleções para a elite do esporte (entre 6 e 13 de maio tem a disputa da Divisão C do Campeonato Europeu). A próxima temporada, que inclui os Jogos Olímpicos, começa em outubro com o Mundial Misto por equipes em Champéry, na Suíça. 

Disputa Olímpica

Com o encerramento do Mundial de Curling de Duplas Mistas, a modalidade definiu os sete países classificados para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2018, em PyeongChang, na Coreia do Sul. As seleções da Suíça, Canadá, China, Finlândia, Noruega, Rússia e Estados Unidos somaram mais pontos no ranking pré-olímpico (que leva em conta os resultados dos Mundiais de 2016 e 2017) e fazem companhia à dupla sul-coreana, garantida por ser o país-sede. Restam apenas quatro vagas olímpicas no Curling na categoria por equipes (duas no masculino e outras duas no feminino). Elas serão preenchidas em uma repescagem no fim de 2017. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.