Guilherme Grahn compete em duas provas no esqui alpino

Guilherme Grahn (Divulgação/CBDN)

Uma semana após Michel Macedo quebrar seu recorde brasileiro no slalom, Guilherme Grahn voltou à pista de esqui alpino entre 31 de março e 1º de abril, em Are, na Suécia. Especialista em slalom, o jovem de 19 anos resolveu competir em uma corrida de Super G e outra de Slalom Gigante. 

No Super G, modalidade de velocidade, Guilherme conquistou um bom resultado. Com 1min22seg21 em sua descida, o brasileiro ficou na 32ª colocação com 109.80 pontos FIS. Pode parecer muito diante da média obtida nas categorias técnicas, mas ainda é o segundo melhor resultado da carreira dele nesta disciplina. O vencedor foi o sueco Felix Monsen, com 1min16seg33. 

Já no sábado, durante prova de slalom gigante, Guilherme Grahn não foi bem. Ele terminou na 19ª posição com o tempo combinado de 2min34seg19 e 75.46 pontos FIS - um resultado acima da média registrada pelo atleta ao longo desta temporada na disciplina. Andre Myhrer, competidor de Copa do Mundo, foi o vencedor da corrida com 2min24seg26. 

Para acirrar ainda mais o duelo com Michel Macedo pela vaga brasileira nos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang, Guilherme alongou sua temporada até o fim de abril de 2017. Ele, inclusive, estará participando de competição já na semana que vem, em Saellen e Lindvallen, na Suécia. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.