Temporada do Biatlo chega ao fim no Holmenkollen, na Noruega

Mari Laukkanen se destacou na última etapa do Biatlo (Divulgação)

Integrante do Festival Holmenkollen, a nona e última etapa da Copa do Mundo de Biatlo aconteceu neste fim de semana em Oslo, na Noruega, entre 17 e 19 de março. A alemã Laura Dahlmeier e o francês Martin Fourcade já tinham garantido o título da temporada na penúltima etapa.

Dessa forma, outros nomes apareceram com destaque. Entre as mulheres, por exemplo, a finlandesa Mari Laukkanen conquistou suas duas primeiras vitórias no circuito da Copa do Mundo de Biatlo. Primeiro, ela venceu o sprint 7,5km com 20min33seg5 e nenhum tiro errado, à frente das francesas Justine Braisaz, prata, e Anais Bescond, bronze. 

Depois, Laukkanen venceu a corrida de perseguição 10km com o tempo de 29min33seg3 e um tiro desperdiçado - a tcheca Gabriela Koukalova foi a segunda e Braisaz completou o pódio. Já na prova de largada coletiva 12,5km, a vencedora foi a norueguesa Tiril Eckhoff, que completou o percurso em 34min23seg1 e um tiro errado - Koukalova novamente foi prata e a finlandesa Kaisa Makarainen foi bronze. 

Líder do ranking feminino em grande parte da temporada, principalmente após conquistar cinco medalhas de ouro no Mundial de Biatlo, a alemã Laura Dahlmeier terminou a competição com 1211 pontos, contra 1089 de Gabriela Koukalova. Ela ainda venceu as provas individuais e de perseguição, enquanto que Koukalova foi a melhor na largada coletiva e no sprint. 

Entre os homens, a supremacia foi do francês Martin Fourcade. Ele terminou o ranking geral com 1322 pontos, contra 918 de Anton Shipulin, da Rússia. Além disso, ele venceu as quatro categorias disponíveis (sprint, perseguição, individual e largada coletiva) e ainda estabeleceu novo recorde ao obter 14 vitórias e 22 pódios em 26 corridas na temporada. 

Em Oslo, o atleta da França conquistou o ouro na largada coletiva 15km com o tempo de 37min32seg2 e nenhum tiro errado, à frente do letão Andrejs Rastorgujevs, prata, e do austríaco Simon Eder, bronze. Ele ainda conquistou duas pratas: no sprint 10km ficou atrás do norueguês Johannes Boe, que venceu com 24min53seg3 e desempenho perfeito no tiro (Shipulin foi o terceiro). Depois, na perseguição 12,5km, Shipulin conquistou o ouro com 32min11seg9 e um tiro errado - Boe completou o pódio. 

Agora, os principais atletas de Biatlo entram em férias e já iniciam o planejamento para a próxima temporada. Em agosto, a IBU organiza o Mundial de Verão em Tschaikovsky, na Rússia, entre 24 e 27. Além disso, algumas provas acontecerão na temporada sul-americana entre julho e agosto. 

Confira os melhores momentos da Copa do Mundo de Biatlo desta temporada:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.