Martin Sundby conquista Copa do Mundo de Esqui Cross-Country

Martin Sundby comemora vitória e título do cross-country (NordicFocus)

Nesta semana a Copa do Mundo de Esqui Cross-Country desembarcou na Noruega, país dominante da modalidade, para a disputa de duas etapas da competição. A primeira foi uma prova de sprint realizada em Drammen na quarta-feira, dia 8. A outra foi uma competição de longa distância (30km e 50km) em Oslo, entre 11 e 12. 

Para alegria da torcida local, o norueguês Martin Sundby confirmou o título geral da Copa do Mundo de Esqui Cross-Country entre os homens. Ele possui 1626 pontos, contra 1176 do russo Sergey Ustiugov, vice-líder. Como restam apenas três provas para o fim da temporada, não pode ser mais alcançado pelo rival. 

Na disputa do sprint clássico, a vitória entre os homens foi do norueguês Eirik Brandsdal, que derrotou seu compatriota Johannes Klaebo, prata, e Sergey Ustiugov, bronze. Já em Oslo, Sundby venceu os 50km em técnica clássica com o tempo de 2h02min59seg7, ratificando seu tricampeonato na competição (seria tetra se ele não perdesse o título de 2015 por doping). Iivo Niskanen, da Finlândia, ficou com a medalha de prata na prova e o russo Alexander Bessmertnykh completou o pódio. 

Entre as mulheres, a situação também está bem encaminhada. Heidi Weng possui 1746 pontos, exatamente 300 pontos de vantagem sobre a finlandesa Krista Parmakoski. A atual líder do ranking precisaria zerar e a vice-líder vencer as três provas restantes. Ou seja, somente um desastre tira o primeiro Globo de Cristal da jovem norueguesa. 

No sprint clássico, a sueca Stina Nilsson conquistou o título em Drammen, ficando à frente de Krista Parmakoski, segunda, e da também sueca Hanna Falk, terceira. Nos 30km feminino, a vitória foi da lenda Marit Bjoergen, da Noruega, com o tempo de 1h22min59seg2 - Parmakoski ficou com a prata e Kerttu Niskanen, também da Finlândia, com o bronze. 

A última etapa da Copa do Mundo de Esqui Cross-Country acontece em Quebec City, no Canadá, entre 17 e 19 de março. O cronograma contempla três provas: sprint livre, 10km/15km estilo clássico e perseguição livre 10km/15km. 

Holmenkollen

A etapa realizada em Oslo integra o Festival Holmenkollen, tradicional evento de esqui nórdico que acontece na região de mesmo nome, próximo de Oslo, capital da Noruega. O festival acontece desde 1892 - ou seja, completa incríveis 125 anos nesta temporada e apenas em 1898 e durante a Segunda Guerra Mundial (1941-1945) não foi realizado. 

Além das provas de esqui cross-country, o Holmenkollen contempla provas de Biatlo, Combinado Nórdico e Esqui Saltos, todas válidas para o ranking internacional das modalidades (isso quando não é considerado o próprio Mundial dos esportes). O evento é tão importante que costuma reunir a família real da Noruega para acompanhar as provas. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.