Imparável, Canadá está na final do Mundial feminino de Curling

Canadenses comemoram vaga na final (Alina Pavlyuchik/WCF)

Anna Sidorova e companhia bem que tentaram, mas não conseguiram derrotar o Canadá na primeira semifinal do Mundial feminino de Curling desta temporada. Em partida realizada na manhã desta sexta-feira, 24 de março, em Pequim (China), as canadenses derrotaram as russas por 7 a 3 e garantiram vaga na decisão. 

Mais do que isso. Com a vitória, o país da América do Norte, liderado por Rachel Homan, chegou à incrível marca de 12 triunfos e nenhuma derrota na competição. Dessa forma, o time entra como favorito na decisão para quebrar um incômodo tabu: desde 2008 o Canadá não sobe ao lugar mais alto do pódio no Mundial feminino de Curling. 

"Parece que é irreal, estamos animadas em estar na final pelo Canadá. Você nunca imagina o que pode acontecer, mas nós vamos lutar forte para garantir esse ouro. Nós iremos dar o nosso melhor, com certeza, e significaria muito para nós. Estamos felizes por termos chegado tão longe", afirmou uma modesta Rachel Homan no fim da partida.

Até porque, diferentemente da partida realizada na primeira fase, a Rússia pouco ameaçou a classificação canadense. No fim do terceiro end, por exemplo, o placar mostrava 2 a 1 para o time de Anna Sidorova. Contudo, no intervalo, o Canadá vencia por 4 a 2 e não teve dificuldade para garantir a vitória na semifinal. 

Agora, o Canadá descansa neste sábado e inicia sua preparação para a final, que acontece no domingo, 26 de março. A Rússia, por sua vez, ainda tem uma chance de ir à decisão. O país aguarda o vencedor de Suécia e Escócia neste sábado, 25, de madrugada, para definir o segundo classificado. 

Confira os melhores momentos da partida entre Canadá e Rússia: 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.