Guilherme Grahn é ouro em prova de esqui alpino na Suécia

Guilherme Grahn (Divulgação/CBDN)

Jovem integrante da equipe brasileira de esqui alpino, Guilherme Grahn conquistou sua primeira medalha de ouro em uma corrida internacional na modalidade. Neste último fim de semana, entre 25 e 26 de fevereiro, ele competiu em duas provas de slalom em Bollnaes, na Suécia, onde mora com a família.

Com 1min01seg79 e 55.76 pontos FIS, Guilherme ficou à frente de outros 32 competidores que completaram as duas descidas da prova - os suecos Axel Lindqvist e Edvin Steffensson ficaram com a prata e bronze, respectivamente. Depois, na segunda disputa do slalom, o brasileiro ficou na quinta posição com 1min17seg52 e 61.83 pontos FIS - Philip Loennberg foi o campeão com 1min16seg79 e 54.99 pontos FIS. 

Apesar dos pontos FIS estarem um pouco acima da média registrada pelo jovem nos últimos meses (no esqui quanto menos pontos o atleta tiver, melhor), uma medalha de ouro não deixa de ser relevante - ainda mais para um esquiador brasileiro. Acredito até que é o primeiro triunfo do Brasil em uma competição de esqui alpino na Europa.

Com 19 anos, Guilherme é uma das estrelas da equipe brasileira de esqui alpino e duela com Michel Macedo, outro grande nome do país na modalidade, por uma vaga nos Jogos Olímpicos de PyeongChang. O próximo desafio dele será no Mundial Júnior em Are, na Suécia, entre 10 e 14 de março.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.