Brasil encerra temporada na última etapa da Copa do Mundo de Bobsled

Francesco Friedrich conquista título da Copa do Mundo (Divulgação)

No último sábado, 18 de março, a equipe brasileira de Bobsled se despediu de uma temporada histórica com a participação na última etapa da Copa do Mundo de Bobsled e Skeleton em PyeongChang, na Coreia do Sul. A competição foi um evento-teste na futura pista olímpica de 2018. 

O trenó brasileiro competiu no 2-man e ficou na 25ª colocação, com o tempo de 51seg07 (apenas os 20 melhores avançavam para a segunda descida). O vencedor foi o time alemão Francesco Friedrich e Thorsten Margis, com 1min40seg82 - o letão Oskar Kibermanis foi o segundo e o também alemão Johannes Lochner foi o terceiro. 




O resultado garantiu o primeiro título da Copa do Mundo para Francesco Friedrich. Ele terminou com 1545 pontos, contra 1331 do norte-americano Steve Holcomb. Já a dupla brasileiro deu um passo a mais para garantir a classificação olímpica e está na 32ª posição do ranking internacional. 

A disputa do quarteto também teve um campeão inédito. O russo Alexander Kasjanov venceu a corrida realizada em PyeongChang com 1min39seg96, terminando à frente do time de Rico Peter, da Suíça, e da Letônia de Kibermanis, terceiro. Assim, no ranking, os russos terminaram com 1500 pontos, apenas 29 a mais do que Peter.

Já o bobsled feminino teve uma surpresa: a norte-americana Jamie Greubel Poser, vice-líder até a última corrida, venceu a prova em PyeongChang com 1min43seg65 e contou com uma atuação ruim da canadense Kaillie Humphries para garantir seu primeiro título da Copa do Mundo. Ao terminar na quinta posição, a atleta do Canadá chegou aos 1630 pontos e ficou 14 atrás da atleta dos Estados Unidos. 

Skeleton

A disputa da Copa do Mundo de Skeleton não teve surpresas. A alemã Jacqueline Loelling, campeã mundial, venceu a prova em PyeongChang com 1min45seg68, à frente da russa Elena Niktina, prata, e da holandesa Kimberley Bos, bronze. O resultado deixou a competidora da Alemanha com 1591 pontos, à frente de sua compatriota Tina Hermann.

Entre os homens, o letão Martins Dukurs espantou a má fase no início da temporada e conquistou seu oitavo título da Copa do Mundo ao vencer em PyeongChang com 1min41seg51 - o sul-coreano Sungbin Yun foi prata apenas um décimo atrás e Tomass Dukurs foi bronze. No ranking, o atleta da Letônia ficou com 1662 pontos, contra 1623 do atleta da Coreia do Sul. 

A etapa realizada em PyeongChang encerrou a temporada para os atletas de bobsled. Agora eles entram de férias e, a partir de maio, iniciam os treinamentos para a temporada mais importante: a que vai culminar com os Jogos Olímpicos de Inverno de 2018.  

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.