Com ouro e estreia, patinação brasileira tem fim de semana histórico

Melhor resultado do Brasil em um Mundial, primeira atleta da América do Sul a conquistar a vaga olímpica e, agora, dona do primeiro ouro brasileiro em uma competição internacional. Isadora Williams segue escrevendo a história brasileira na patinação artística no gelo. 

No último domingo, 12 de fevereiro, Isadora conquistou o título do Sophia Trophy, na Bulgária. É a primeira medalha de ouro do Brasil em uma competição internacional na modalidade e coroa a evolução da jovem na véspera do Mundial de Patinação em Helsinque, na Finlândia. 

No total, Isadora conquistou 144.75 pontos na somatória de suas duas apresentações. No primeiro dia, 11 de fevereiro, ela terminou na segunda posição do programa curto com 50.99 pontos. Contudo, no programa longo, ela alcançou 93.76 pontos e ultrapassou a sueca Anita Ostlund – a italiana Micol Cristini completou o pódio.

Esta é a quinta medalha de Isadora em competições internacionais de patinação artística no gelo. O primeiro pódio foi em 2012, com o bronze no Golden Spin de Zagreb, na Croácia. Depois, ela conquistou três medalhas de prata: Philadelphia Summer International (2015), Sportland Trophy (2016) e Santa Claus Cup (2016).

Agora, Isadora Williams segue sua preparação para o Mundial de Patinação Artística no Gelo. Ela vai participar do evento entre 29 de março e 2 de abril e tem um objetivo principal na competição: confirmar a classificação para os Jogos Olímpicos de Inverno em PyeongChang. 

Estreia brasileira

Quem também participou de uma competição internacional neste fim de semana foi a atleta Deborah Vale Bell. Recém-integrada à equipe brasileira de patinação artística no gelo, a jovem competiu no Dragon Trophy em Ljubljana, na Eslovênia, entre 11 e 12 de fevereiro.

A atleta terminou na nona posição com 86.07 pontos na somatória de suas apresentações. No programa curto, realizado no sábado, ela obteve 31.62 pontos, enquanto que no programa longo, no domingo, conseguiu 54.45 pontos. A vencedora foi a sueca Isabella Olsson, com 142.44.

Esta foi a primeira participação de Deborah Bell em uma competição internacional de patinação artística no gelo. Filha de mãe brasileira e pai inglês, ela treina em Oxford, na Inglaterra, sob orientação da treinadora Tamsin Sear-Watkins, campeã britânica de patinação em 2000. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.