Favoritos vencem na despedida do Mundial de Esqui Alpino

Mikaela Shiffrin (Agence Zoom)

Deu a lógica nas últimas duas provas do Mundial de Esqui Alpino desta temporada, realizado em St. Moritz, na Suíça. Dominantes na disputa do slalom, a norte-americana Mikaela Shiffrin e o austríaco Marcel Hirscher conquistaram as últimas duas medalhas de ouro da competição. As corridas foram realizadas neste fim de semana. 

No feminino, Shiffrin conquistou nada menos do que o tricampeonato na disciplina ao obter o tempo de 1min37seg27 na somatória de suas duas descidas. A suíça Wendy Holdener, campeã do Combinado, ficou com a medalha de prata e a sueca Frida Hansdotter completou o pódio. 

Entre os homens, Marcel Hirscher conquistou sua segunda medalha de ouro no Mundial de Esqui Alpino ao obter o tempo total de 1min34seg75 na prova realizada neste domingo. O também austríaco Manuel Feller ficou com a segunda posição e o alemão Felix Neureuther foi o terceiro colocado. 

As medalhas também reforçam a posição que os dois atletas possuem na atualidade. Tanto Mikaela Shiffrin quanto Marcel Hirscher lideram a Copa do Mundo de esqui alpino nessa temporada e estão próximos do Globo de Cristal. Para a norte-americana seria a primeira conquista da competição, enquanto que o representante da Áustria caminha para o hexacampeonato. 

No quadro de medalhas a Áustria acabou na primeira posição com três medalhas de ouro e nove no total. A Suíça também conquistou três títulos em casa, mas viu seus atletas subirem sete vezes no pódio. França, com dois ouros, EUA, Canadá e Noruega, com uma conquista cada, também tiveram atletas campeões. 

Os atletas nem terão tempo para descansar. No próximo fim de semana, entre 24 e 26 de fevereiro, acontece mais uma etapa da Copa do Mundo de Esqui Alpino. As mulheres competem em Crans-Montana, também na Suíça, enquanto os homens embarcam para Kvitfjell, na Noruega. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.