Áustria sedia penúltima etapa da Copa do Mundo de Bobsled e Skeleton

Meyers Taylor conquista quarta vitória consecutiva (Alexander Hassesntein)

No último fim de semana, entre 3 e 5 de fevereiro, a cidade de Innsbruck, na Áustria, organizou a penúltima etapa da Copa do Mundo de Bobsled e Skeleton. Mesmo com apenas uma prova prevista no cronograma desta temporada, o equilíbrio segue grande em todas as categorias. 

O caso mais emblemático talvez seja a disputa feminina do bobsled. A norte-americana Elana Meyers-Taylor, ao lado de Lolo Jones, venceu a prova austríaca com 1min46seg14, à frente da canadense Kaillie Humphries, prata, e de sua compatriota Jamie Greubel-Poser, bronze.

Com o resultado, ela enfileirou quatro triunfos seguidos na Copa do Mundo de Bobsled, mas segue na terceira posição do ranking! A líder é Kaillie Humphries, com 1446 pontos, apenas 27 à frente de Greubel-Poser e 126 de Meyers-Taylor. 

Nas duplas masculina, o alemão Francesco Friedrich voltou a vencer após duas etapas ao conquistar o tempo de 1min42seg92 - Oskar Melbardis, da Letônia, ficou em segundo e Benjamin Maier, da Áustria, foi o terceiro. No ranking, o atleta da Alemanha segue na liderança com 1320 pontos, 101 à frente do norte-americano Steve Holcomb.

Já no quarteto, o quarteto letão comandado por Melbardis conquistou seu primeiro triunfo na temporada ao somar 1min42seg01 nas duas descidas. O time suíço de Rico Peter ficou em segundo e Steve Holcomb completou o pódio. No ranking da Copa do Mundo de Bobsled, porém, a liderança segue com o russo Alexander Kasjanov, que possui 1275 pontos, apenas 14 à frente de Rico Peter. 

Skeleton

O letão Martins Dukurs voltou a vencer no skeleton masculino durante a etapa austríaca. Ele obteve o tempo de 1min43seg89, à frente do russo Alexander Tretiakov, medalhista de prata, e do sul-coreano Sungbin Yun, bronze. O resultado recolocou o atleta na liderança da Copa do Mundo com 1437 pontos, contra 1413 de Yun.

Entre as mulheres, a alemã Tina Hermann venceu em Innsbruck com o tempo de 1min48seg15 - a canadense Mirela Rahneva ficou na segunda posição e a austríaca Janine Flock foi a terceira. Dessa forma, o ranking feminino do skeleton segue embolado: a alemã Jacqueline Loelling segue na primeira posição com 1366 pontos, mas ela tem apenas 25 pontos de vantagem sobre Hermann e 45 sobre Flock. 

Agora, os atletas de bobsled e skeleton focam na disputa do Mundial das duas modalidades. A competição, que seria na Rússia, foi transferida para Königssee, na Alemanha, e acontece entre 17 e 26 de fevereiro. A Copa do Mundo retorna apenas em 17 de março para a etapa decisiva em PyeongChang, na Coreia do Sul. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.