Sergey Ustiugov quebra hegemonia norueguesa no Tour de Ski

Sergey Ustiugov comemora com a torcida (NordicFocus)

Após três temporadas completas, acabou a hegemonia da Noruega no Tour de Ski, tradicional evento de esqui cross-country. O responsável por isso foi o russo Sergey Ustiugov, grande vencedor da disputa masculina. A competição terminou no domingo, 8 de janeiro, com provas de 9km uphill

Com uma boa vantagem na última etapa, Ustiugov apenas confirmou o favoritismo e venceu o Tour de Ski com 30min27seg7, à frente do norueguês Martin Sundby, segundo, e do suíço Dario Cologna, terceiro. No total, o atleta da Rússia teve 3h24min47seg9, mais de um minuto de vantagem sobre Sundby. 

Este foi o primeiro título de Sergey Ustiugov no Tour de Ski e o segundo da Rússia na competição. Curiosamente, o primeiro título russo foi com Alexander Legkov em 2013, antes do início do domínio norueguês (Martin Sundby venceu em 2014 e 2016 e Peter Northug Jr foi o campeão em 2015). 

Entre as mulheres, a sueca Stina Nilsson bem que tentou, chegou à última etapa na liderança, mas não conseguiu deter as norueguesas. Heidi Weng venceu o uphill com 33min53seg5 e a finlandesa Krista Parmakoski foi a segunda colocada - Nilsson ficou na terceira colocação. Na classificação final, Weng obteve 2h27min39seg4. 

Este foi o quarto título seguido da Noruega no Tour de Ski feminino. A supremacia começou com Therese Johaug em 2014, prosseguiu com Marit Bjoergen em 2015 e retornou para Johaug em 2016. Neste ano chegou a vez da nova geração de esqui cross-country do país nórdico. 

Os resultados do Tour de Ski também afetaram um pouco o ranking da Copa do Mundo de Esqui Cross-Country. Entre as mulheres, Heidi Weng ganhou um novo fôlego na liderança com 1351 pontos, mais de 300 à frente de Ingvild Oestberg. Entre os homens, Sundby ainda lidera com 1138, mas Ustiugov assume a vice-liderança com 961. 

Agora, os atletas retomam o calendário normal da Copa do Mundo de esqui cross-country. A próxima etapa acontece em Toblach, na Itália, entre 14 e 15 de janeiro, com provas de sprint em técnica livre individual e por equipes. 

Heidi Weng com o troféu do Tour de Ski (Divulgação/NordicFocus)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.