Marit Bjoergen e Alex Harvey voltam a vencer no esqui cross-country

Marit Bjoergen volta ao lugar mais alto do pódio (NordicFocus)

Aos poucos, a lenda Marit Bjoergen está de volta. Após ficar de fora da última temporada do esqui cross-country e retornar na Copa do Mundo deste ano, a atleta norueguesa voltou a vencer após dois meses. O feito aconteceu na disputa realizada em Ulricehamn, na Suécia, no último fim de semana.

Marit Bjoergen foi a mais rápida na prova dos 10km em técnica livre, realizada no sábado, 21 de janeiro. A representante da Noruega completou o percurso em 23min46seg3, chegando à frente da finlandesa Krista Parmakoski, prata, e da sueca Charlotte Kalla, bronze. Esta foi a 104ª vitória da atleta, a segunda neste retorno.

Alex Harvey (NordicFocus)
Entre os homens, o canadense Alex Harvey quebrou um tabu de quase três anos e voltou a vencer no circuito da Copa do Mundo de esqui cross-country. Com 32min46seg2, ele foi o mais rápido nos 15km em técnica livre. O norueguês Martin Sundby ficou em segundo e o sueco Marcus Hellner completou o pódio. 

No domingo, 22 de janeiro, aconteceu a prova de revezamento por equipes. A Noruega não deu chances para os rivais e conquistou os dois ouros disponíveis. No 4x5km feminino, o país nórdico venceu com 55min33seg3. Já na disputa 4x7,5km masculino, a primeira posição foi confirmada com 1h06min47seg5. 

A etapa de Ulricehamn, contudo, não alterou significativamente o ranking da Copa do Mundo de Esqui Cross-Country. A norueguesa Heidi Weng segue na liderança feminina com 1391 pontos, contra 1112 de Krista Parmakoski. No masculino, Martin Sundby é o primeiro com 1218, contra 961 do russo Sergey Ustiugov. A próxima etapa da competição acontece em Falun, também na Suécia, entre 28 e 29 de janeiro. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.