Manfred Moelgg vence no esqui alpino e quebra jejum de vitórias

Manfred Moelgg comemora vitória e fim de tabu de oito anos (Divulgação)

Nada de Marcel Hirscher na prova de slalom da Copa do Mundo de Esqui Alpino em Zagreb, na Croácia, nesta quinta-feira, 5 de janeiro. Líder do ranking, o austríaco ficou de fora do pódio e viu o italiano Manfred Moelgg, 34 anos, encerrar um tabu que já durava quase oito anos em sua carreira. 

Ao vencer na Croácia com o tempo total de 2min00seg03, ele conquistou sua primeira vitória na Copa do Mundo desde fevereiro de 2009, quando foi o mais rápido também no slalom em Garmisch-Partenkirchen. Aliás, este é o segundo pódio que Moelgg conquista na temporada, algo que não acontecia em sua carreira desde a disputa em 2012/2013. 

O alemão Felix Neureuther, 32, ficou na segunda posição em Zagreb e conquistou o segundo pódio na temporada (foi bronze na etapa inaugural em Sölden, na Áustria). Já o norueguês Henrik Kristoffersen ficou com a medalha de bronze e segue buscando chegar próximo dos líderes da Copa do Mundo de Esqui Alpino. 

Contudo, vai ser difícil. Mesmo terminando na sexta posição, Marcel Hirscher possui uma vantagem considerável na liderança da competição com 753 pontos. Kjetil Jansrud, da Noruega e especialista em provas de velocidade (Downhill e Super G), é o segundo com 482. Já o francês Alexis Pinturault é o terceiro com 465. 

A próxima etapa da Copa do Mundo de Esqui Alpino acontece neste fim de semana, entre 7 e 8 de janeiro, com provas de slalom e slalom gigante. Os homens competem em Adelboden, na Suíça, enquanto as mulheres correm em Maribor, na Eslovênia. Aliás, a disputa deve marcar a despedida de Tina Maze das competições. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.