Lara Gut diminui vantagem de Shiffrin na Copa do Mundo de Esqui Alpino

Lara Gut se aproxima de Shiffrin no esqui alpino (Divulgação/Agence Zoom)

Se antes era improvável imaginar a norte-americana Mikaela Shiffrin sem o título geral da Copa do Mundo de Esqui Alpino desta temporada, agora parece ser questão de tempo para a suíça Lara Gut alcançá-la na liderança da competição. A distância entre as duas atletas diminuiu mais um pouco após a etapa realizada em Cortina d'Ampezzo, na Itália, neste fim de semana. 

Atual campeã do circuito, Gut conquistou sua primeira vitória no downhill nesta temporada ao vencer a corrida em 1min37seg13 - Sofia Goggia, da Itália, foi prata e a eslovena Ilka Stuhec completou o pódio. Especialista em provas técnicas, Shiffrin não competiu. 

Mas a atual líder do ranking esteve presente na disputa do Super G e ficou na quarta posição, contando ainda com o erro de Lara Gut em sua descida. A vencedora foi Stuhec com 1min19seg81. Goggia novamente ficou na segunda posição e a austríaca Anna Veith (conhecida anteriormente como Anna Fenninger) foi bronze e conquistou seu primeiro pódio após ficar um ano afastada por lesão. 

Dessa forma, Mikaela Shiffrin ainda lidera o ranking feminino da Copa do Mundo de Esqui Alpino com 1103 pontos, 80 à frente de Lara Gut. A vantagem, que chegou a ser de trezentos pontos na virada do ano, agora é menos de uma corrida. 

Falta à norte-americana o que sobra para o austríaco Marcel Hirscher na disputa masculina, por exemplo. Também especialista em provas técnicas, o atual pentacampeão da competição possui uma regularidade impressionante e não dá chances para os rivais se aproximarem. 

Na etapa realizada em Garmisch-Partenkirchen, na Alemanha, Hirscher competiu apenas no slalom gigante e venceu com 2min39seg95. O sueco Matts Olsson ficou na segunda posição e o alemão Stefan Luitz completou o pódio. Nas duas provas de downhill, ele assistiu de camarote seus principais rivais na luta pelo título derraparem. 

O norte-americano Travis Ganong, por exemplo, venceu a primeira corrida com 1min53seg71, deixando o norueguês Kjetil Jansrud com a prata e o italiano Peter Fill com o bronze. Depois, o austríaco Hannes Reichelt venceu a segunda descida, com Fill em segundo e o suíço Beat Feuz em terceiro. 

No ranking masculino da Copa do Mundo de Esqui Alpino, Marcel Hirscher possui 1260, mais de 400 pontos de vantagem sobre o norueguês Henrik Kristoffersen (que também compete apenas no slalom e slalom gigante). O francês Alexis Pinturault é o terceiro com 763. 

A próxima disputa da competição acontece nesta terça-feira, 31 de janeiro, com um city event em Estocolmo, na Suécia. Depois há uma pausa para o Mundial de Esqui Alpino em St. Moritz, na Suíça, e as etapas retornam apenas no fim de fevereiro. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.