Jovens do Luge Natural competem na Eslovênia e na Alemanha

Yuri Assine (Reprodução)

No último fim de semana, entre 20 e 22 de janeiro, a equipe brasileira de Luge em Pista Natural participou de mais uma etapa da Copa do Mundo da modalidade na Europa. Yuri Assine esteve presente na disputa adulta em Zelezniki, na Eslovênia, enquanto que Ana Delicio e Leonardo Oliveira participaram da prova júnior em Unterammergau, na Alemanha. 

Os três conquistaram bons resultados. Mesmo com 17 anos, Yuri já está no segundo ano de experiência no esporte e resolveu competir na elite desta vez. Ele surpreendeu e conseguiu avançar à disputa da Copa do Mundo, terminando na 23ª posição, com 2min23seg55 e 18 pontos no ranking internacional - o italiano Patrick Pigneter venceu com 1min54seg76. 

Estreantes nesta temporada, Ana e Leonardo buscam melhorar seus tempos. A jovem, única representante feminina do Brasil no Luge em pista natural, ficou na 18ª posição da prova júnior com 2min05seg29 e 23 pontos no ranking. A vencedora foi a italiana Camilla Singer. Leonardo, por sua vez, ficou na 23ª posição com 1min40seg65 e 18 pontos no ranking - Fabian Achenrainer, da Áustria, foi o vencedor. 

Esta foi a última etapa da Copa do Mundo Júnior de Luge em Pista Natural. Com 49 pontos, Ana Delicio terminou na 19ª posição do ranking júnior feminino dentre 27 atletas - a primeira colocada foi a italiana Daniela Mittermair, com 370. Entre os homens, Yuri Assine foi o 36º com 20 pontos e Leonardo o 38º com 18 - Achenrainer conquistou o título com 345. 

Contudo, Yuri também está no ranking adulto masculino com 22 pontos e na 38ª posição. Thomas Kammerlander é o líder da temporada com 340 pontos, apenas 10 à frente de Patrick Pigneter. A próxima etapa acontece entre 27 e 29 de janeiro em Deutschnofen, na Itália. 

Feminino e Duplas

A Itália também dominou as provas feminina e duplas na Copa do Mundo de Luge em Pista Natural na Eslovênia. Greta Pinggera venceu entre as mulheres com 1min56seg78, à frente de suas compatriotas Evelin Lanthaler, prata, e Sara Bachmann, bronze. Contudo, Lanthaler segue à frente no ranking internacional com 455 pontos, 45 à frente de Pinggera.

Nas duplas, Patrick Pigneter e Florian Clara voltaram a vencer mais uma corrida com 2min01seg90 - os russos Pavel Porshnev e Ivan Lazarev ficaram na segunda posição e os austríacos Christian e Andreas Schopf completaram o pódio. No ranking, a dupla Pigneter/Clara reassumiu a liderança com 405 pontos, 20 a mais de Porshnev/Lazarev. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.