Jovens do esqui cross-country do Brasil ganham medalhas na Áustria

Lucas Lima ganhou bronze e prata na Copa Austríaca (Reprodução)

Os garotos do Projeto Social Ski na Rua, idealizado por Leandro Ribela, seguem evoluindo e mostrando o que um trabalho sério pode proporcionar. Competindo na Copa Austríaca de esqui cross-country, ao lado de alguns dos melhores atletas em suas faixas etárias, os brasileiros não decepcionaram e colecionaram bons resultados em Ramsau am Dachstein neste último fim de semana. 

Lucas Lima, 15 anos, foi o destaque do país na competição ao conquistar duas medalhas na categoria sub-16. Primeiro, ele foi bronze nos 7,5km em técnica clássica com 25min35seg2 - o vencedor foi Matthaeus Hilber, da Áustria. No domingo, o brasileiro ficou com a prata na prova de perseguição livre de 7,5km com 46min50seg5 - Philip Vieser foi o primeiro colocado. 

Thomaz Moraes, integrante da equipe paralímpica de cross-country standing, também competiu na categoria sub-16 ao lado de Lucas Lima. No primeiro dia, ele ficou na 10ª colocação, com 30min41seg4. Depois, na segunda corrida, foi o nono com 56min04seg0. 

Rhaick Bomfim, no sub-15, também conquistou bons resultados na Copa Austríaca de esqui cross-country. Na prova individual de 5km em técnica clássica, ele ficou na quinta colocação com 15min41seg9 - Anders Veerpalu venceu com 14min44seg6. Depois, nos 5km de perseguição em técnica livre, Rhaick foi o quarto colocado com 29min31seg6 - Veerpalu conquistou seu segundo ouro.

Os jovens Lucas Lima e Rhaick Bomfim pertencem à "segunda geração" do Projeto Social Ski na Rua, participando das atividades após a consolidação do programa em 2014. Com três anos de treinamento, dedicação e, principalmente, organização, não é à toa que eles simbolizam o futuro do esqui cross-country no Brasil. 

Equipe adulta

Quem também esteve presente em Ramsau am Dachstein, na Áustria, foi parte da equipe adulta de esqui cross-country do Brasil. Mirlene Picin, Bruna Moura, Leandro Lutz, Victor Santos e Lucas Martins também competiram em duas provas da Copa Austríaca no fim de semana. 

Na disputa feminina, Mirlene ficou na 26ª posição dos 10km em técnica clássica com 41min08seg8 e 285.80 pontos FIS - Bruna Moura não completou a prova. A vitória foi de Yulia Tikhonova, de Belarus, com 31min47seg9 e 50.61 pontos. Na prova de perseguição 7,5km em técnica livre, Mirlene Picin foi a única brasileira na corrida e ficou na 25ª posição, com 25min46seg7 e 339.18 pontos FIS - Tikhonova venceu novamente. 

No masculino, Victor Santos foi o melhor brasileiro nos 15km em técnica clássica ao terminar na 45ª posição com 53min05seg1 e 257.82 pontos FIS. Leandro Lutz foi o 46º com 53min23seg8 e 263.84 pontos. Já Lucas Martins foi o 47º com 58min46seg8 e 367.68 pontos. A vitória foi de Michail Semenov, também de Belarus, com 41min28seg4 e 33.84 pontos FIS. 

Já na prova de perseguição 10km em técnica livre, Lutz não completou a prova e ficou de fora da classificação final. Victor Santos novamente foi o melhor atleta do Brasil ao ficar na 33ª posição com 30min21seg2 e 349.81 pontos FIS. Lucas foi o 34º com 33min00seg1 e 482.73 pontos - Semenov conquistou a segunda medalha de ouro na disputa. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.