Brasil luta, mas perde dos EUA no America's Challenge de Curling

Equipe feminina de curling do Brasil (Elena Rodrigues)

A equipe brasileira de Curling lutou, se esforçou, mas o esperado aconteceu. Com mais experiência, entrosamento, treinamento e tradição no esporte, os Estados Unidos confirmaram o favoritismo e venceram o America's Challenge de 2017. A competição aconteceu entre 27 e 29 de janeiro em Duluth e os norte-americanos fecharam a série por 3 a 0 tanto no masculino quanto no feminino. 

Mesmo assim, a evolução pôde ser notada em ends equilibrados, principalmente entre os homens. A seleção bem que tentou surpreender. Logo na primeira rodada o Brasil fez uma partida equilibrada, intercalando boas jogadas. No fim, uma vitória apertada do time da casa por 8 a 6. Nos outros dois jogos, os Estados Unidos aproveitaram para abrir vantagem logo no primeiro end e administraram o placar, vencendo por 9 a 4 e 9 a 3, respectivamente. 

Time masculino (Divulgação)
Já o time feminino, que estreava no America's Challenge, teve mais dificuldade para encaixar seu jogo. Na primeira rodada, por exemplo, as meninas perderam por 16 a 2, com oito pontos sendo marcados em um único end (algo raro de acontecer no curling). No segundo confronto, derrota por 12 a 2. Mas na terceira rodada, as brasileiras surpreenderam as norte-americanas, levando a partida até o último end e perdendo por 8 a 7. 

Com as esperadas vitórias no confronto, os Estados Unidos conquistaram a segunda vaga do continente para o Mundial de Curling por equipes em 2017. A competição feminina acontece em Pequim, na China, entre 18 e 26 de março. Já o torneio masculino será em Edmonto, no Canadá, entre 1º e 9 de abril. Doze países participam em cada um dos eventos. 

Para o Brasil, é hora de voltar as atenções para o Mundial de Curling de Duplas Mistas. Anne Shibuya e Marcio Cerquinho, campeões nacionais em 2016, representam o país na competição. As partidas acontecerão em Lethbridge, também no Canadá, entre 22 e 29 de abril. 

Torcida brasileira

A equipe brasileira de Curling nem desconfia, mas teve uma torcedora ilustre presente no Duluth Curling Club durante o America's Challenge. Elena Rodrigues, ex-patinadora artística do Brasil, esteve no local e acompanhou algumas das partidas. É dela, inclusive, a foto que está na abertura desta notícia. 

Nascida em Minneapolis, também no estado de Minnesota, Elena iria trabalhar como treinadora de patinação em uma competição na cidade naquele fim de semana. Ao saber que o time brasileiro de curling estaria presente desafiando os Estados Unidos, não teve dúvidas: foi assistir alguns jogos! 

Elena Rodrigues foi a última patinadora internacional do Brasil antes da Isadora Williams. Ela competiu no Mundial Júnior, Universíade e Four Continents. A história completa dessa jovem tão importante para o desenvolvimento brasileiro na patinação artística você pode conferir aqui

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.