Seleção brasileira de Curling enfrenta EUA no America's Challenge

Equipe masculina do Brasil (Divulgação)

Após dois anos, a Seleção Brasileira de Curling volta a desafiar os Estados Unidos por uma vaga no Mundial da modalidade – e dessa vez com presença dos times masculino e feminino. O America’s Challenge de 2017 acontece entre 27 e 29 de janeiro no Clube de Curling de Duluth, no estado norte-americano de Minnesota.

Os jogos começam nesta sexta-feira, 27, a partir das 18h30 (horário de Brasília). As partidas dos homens e mulheres acontecem no mesmo horário, mas em pistas diferentes (veja cronograma abaixo). Disputado em uma série de cinco confrontos, o America’s Challenge é a competição que define o segundo representante do continente no Mundial por equipes em 2017 – o Canadá fica com a primeira vaga por estar melhor colocado no ranking internacional.

A lista de convocados da seleção brasileira foi definida após o Campeonato Brasileiro de Curling em novembro de 2016. A equipe masculina é composta por Marcio Cerquinho, Filipe Nunes, Marcelo Mello e Scott McMullan, com Sergio Mitsuo como reserva. No feminino, foram convocadas as atletas Isis Oliveira, Anne Shibuyu, Aline Lima e Alessandra Barros – Luciana Barrella é reserva. A convocação e os treinamentos ficaram sob responsabilidade do técnico canadense Robbie Gallaugher.

Esta é a quarta vez que o Brasil desafia os Estados Unidos no America’s Challenge. Anteriormente, o país participou com o time masculino em 2009, 2010 e 2015, com derrotas de 3 x 0 em todas as ocasiões.

Equipe feminina, ainda sem Anne Shibuya (Divulgação)
Preparação
No último fim de semana, a seleção brasileira de curling competiu em dois bonspiels (torneios de curta duração). Os homens participaram do Manitoba Open, em Winnipeg (Canadá), e, pela primeira vez, conseguiram chegar às quartas de final da competição com uma campanha de três vitórias e três derrotas. Já o time feminino esteve presente no Marpole Women’s Open em Vancouver e foi eliminado na primeira fase.

Bravest e Brasil Registros patrocinam seleção brasileira de curling
A equipe brasileira de Curling possui dois apoios importantes para a disputa do America’s Challenge desta temporada. A Bravest e a Brasil Registros, empresas suíças voltadas para clientes do Brasil, são os patrocinadores do país na competição.

A Bravest é uma equipe de advogados suíços e brasileiros que auxiliam seus clientes em tribunais e autoridades administrativas tanto na Suíça quanto no Brasil. Por sua vez, a Brasil Registros é uma assessoria de documentos no país europeu, organizando documentos, certidões, vistos, traduções, procurações, entre outros serviços.

Os rivais
Os Estados Unidos convocaram duas de suas equipes mais fortes para enfrentar o Brasil no America’s Challenge de Curling. No feminino, Nina Roth e sua equipe representam a seleção norte-americana na disputa. Campeã nacional em 2014 e vice-campeã em 2016, Nina terá a companhia de Tabitha Peterson, Aileen Geving, Becca Hamilton e Cory Christensen (reserva).

No masculino, os Estados Unidos serão representados pelo time John Shuster, campeão norte-americano em 2015 e vice em 2016. A equipe, composta por Tyler George, Matt Hamilton, John Landsteiner e Joe Polo (reserva), também conquistou a medalha de bronze no Mundial de 2016.

Calendário de Jogos (horário de Brasília)
Jogo 1 – 27/01 – 18h30 – Brasil x EUA
Jogo 2 – 27/01 – 23h30 – Brasil x EUA
Jogo 3 – 28/01 – 15h00 – Brasil x EUA
Jogo 4 – 28/01 – 23h00 – Brasil x EUA (se necessário)
Jogo 5 – 29/01 – 13h00 – Brasil x EUA (se necessário)


* As partidas terão cobertura em tempo real nos sites www.usacurl.org e www.curlingzone.com

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.