Atletas de esqui cross-country encerram ano do Brasil na neve

Lutz, à esquerda, na segunda posição em sua faixa etária (Reprodução)

Não falta fôlego para a equipe brasileira de endurance na neve. Nem mesmo o fim de ano fez os atletas diminuírem o ritmo de treinos e competições. Os times de esqui cross-country e biatlo da CBDN seguem com agenda apertada e foram responsáveis pelas últimas provas de 2016 e as primeiras de 2017. 

No último dia 30 de dezembro, antevéspera do Ano-Novo, Leandro Lutz e Mirlene Picin estiveram presentes em uma prova de cross-country em St. Jakob, na Áustria. Leandro competiu nos 10km estilo clássico e terminou na 43ª posição geral, com 33min23seg6 e 306.50 pontos FIS - Luis Stadlober, da Áustria, venceu com 25min19seg1 e 51.35 pontos. 

Já Mirlene esteve presente na corrida de 7,5km em técnica clássica, terminando na 25ª posição com o tempo total de 28min02seg3 e 285.21 pontos FIS - a austríaca Anna Roswitha Seebacher venceu com 22min01seg3. 

Após uma breve folga no Ano Novo, a equipe brasileira de cross-country e biatlo já retorna às competições na primeira semana de janeiro. Gabriela Neres, Caio Moreira, Bruna Moura e Mirlene Picin competem na Copa IBU de Biatlo no dia 5. No dia seguinte entram em ação Leandro Lutz, Jaqueline Mourão e Leila Mostaço em diferentes provas de cross-country. 


Promessas também competem em dezembro

Os jovens Rhaick Bonfim e Cláudio Gustavo Oliveira, promessas do esqui cross-country brasileiro e que já conquistam resultados de gente grande, também competiram em duas provas na Suécia neste mês de dezembro. Ambos estiveram presentes em Älvdalen entre os dias 10 e 11. 

Presente na categoria sub-16, Rhaick mostrou que realmente está em grande evolução. Competindo ao lado dos principais atletas da Suécia nesta faixa etária, ele terminou a prova dos 5km em técnica livre na 15ª posição em um total de 45 competidores. O brasileiro obteve o tempo de 15min24seg, um minuto atrás de Nils Bergstrom, vencedor da prova. Depois, nos 5km de perseguição em técnica clássica, o jovem foi o 25º com 32min56seg4, menos de três minutos atrás do sueco Truls Gisselman, primeiro colocado. 

Já Cláudio Gustavo competiu na categoria sub-14. Nos 2,5km em técnica livre ele ficou na 33ª posição, com 8min51seg - Mattias Andersson venceu com 7min18seg. Depois, nos 2,5km de perseguição em técnica clássica, o brasileiro foi o 37º, com 19min20seg5 - Andersson venceu novamente com 15min18seg5. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.