Com agenda cheia, Copa do Mundo de Esqui Livre mobiliza torcedores

Foi um fim de semana cheio para os fãs do esqui freestyle. A Copa do Mundo de Esqui Livre organizou nada menos do que provas nas três modalidades que possui atualmente: Moguls & Aerials, Park e Cross. Confira todos resultados: 

Moguls & Aerials

Dmitriy Reiherd assume liderança no Moguls (Divulgação)

Lake Placid, nos Estados Unidos, organizou a primeira disputa da Copa do Mundo de Moguls e Aerials de 2017, com duas provas de cada modalidade. No Moguls, Dmitriy Reiherd, do Cazaquistão, venceu entre os homens com 82.20 pontos - Benjamin Cavet, da França, foi o segundo, e o norte-americano Bradley Wilson completou o pódio. Entre as mulheres a australiana Britteny Cox conseguiu 75.27 pontos e ficou com o título - Perrine Lafont, da França, ficou na segunda posição e a norte-americana Morgan Schild foi a terceira. 

Já no Aerials, Anton Kushnir, de Belarus, ficou na primeira posição masculina com 120.36 pontos em sua apresentação, à frente de Mac Bohonnon, dos Estados Unidos, e do russo Maxim Burov. No feminino, a vitória foi da norte-americana Ashley Caldwell com 99.63 pontos - a australiana Danielle Scott foi prata e a russa Kristina Spiridonova foi bronze. 

No ranking de Moguls os vencedores assumiram a primeira posição: Britteny Cox lidera entre as mulheres com 200 pontos e Reiherd é o líder no masculino com 150. No Aerials, Danielle Scott é a primeira na disputa feminina com 260 pontos e Anton Kushnir é o primeiro colocado entre os homens com 208. Na próxima semana, 21 de janeiro, acontece mais uma etapa da Copa do Mundo de Moguls em Val St. Come, no Canadá. 

Slopestyle

Tess Ledeux vence no esqui livre slopestyle (divulgação)

O resort francês de Font Romeu organizou no último sábado, 14 de janeiro, a primeira etapa da Copa do Mundo de Esqui Livre Slopestyle. A francesa Tess Ledeux garantiu a festa da torcida ao vencer entre as mulheres com 81.60 pontos em sua apresentação - a norueguesa Johanne Killi foi a segunda e a canadense Anouk Purnelle-Faniel foi a terceira. 

No masculino, o título desta etapa inaugural ficou com o norte-americano Mcrae Williams, que conseguiu 92.80 pontos em sua apresentação. O sueco Jesper Tjader ficou na segunda posição e o canadense Alex Bellemare completou o pódio. 

Como teve apenas uma etapa até o momento, os vencedores assumiram a liderança do ranking nessa modalidade. Agora, a Copa do Mundo de Esqui Livre Slopestyle tem uma pausa de duas semanas e retorna em 28 de janeiro na cidade italiana de Seiser Alm. 

Esqui Cross

Final feminina, com vitória de Marielle Thompson (divulgação)

O resort de Watles, na Itália, organizou a primeira etapa da Copa do Mundo de Esqui Livre Cross em 2017. Foram duas corridas para cada gênero neste fim de semana, entre 14 e 15 de janeiro. No feminino, a sueca Sandra Naeslund venceu a primeira prova, com Georgia Simmerling, do Canadá, na segunda posição e a alemã Heidi Zacher, em terceira. Na segunda disputa, a canadense Marielle Thompson foi a vencedora, à frente da suíça Fanny Smith, prata, e da francesa Marielle Sabbatel, bronze. 

Entre os homens, a primeira corrida foi vencida pelo suíço Armin Niederer, com o canadense Brady Leman em segundo e o francês Jean Frederic Chapuis em terceiro. Na segunda prova, Alex Fiva, também da Suíça, foi o vencedor, com Leman novamente com a prata e Niederer com o bronze. 

O resultado intensificou o duelo no ranking masculino da Copa do Mundo de Esqui Cross. Jean Chapuis ainda é o líder, com 469 pontos, mas está apenas 62 à frente de Brady Leman e 85 de Alex Fiva. Entre as mulheres a situação é mais tranquila: Marielle Thompson é a primeira com 620 pontos, quase 200 à frente de Fanny Smith. A próxima etapa da competição acontece apenas em fevereiro, na cidade alemã de Feldberg.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.