Bobsled brasileiro participa de seletiva da equipe norte-americana

Equipe brasileira de bobsled em Park City (Divulgação)

Ao longo desta última semana, os principais atletas de bobsled e skeleton dos Estados Unidos estiveram em Park City, no estado de Utah, para a disputa da seletiva norte-americana nas duas modalidades. Contudo, a pista foi "invadida" por outro trenó: os blue birds também realizaram suas descidas durante o evento. 

O quarteto masculino do Brasil foi convidado para "abrir a pista" durante a seletiva. ou seja, o país não participa da competição, mas ganha a oportunidade de realizar as descidas para aperfeiçoar os treinamentos. Além, é claro, de estimular o intercâmbio com a comissão técnica norte-americana. 

"Tivemos um excelente resultado tanto em termos de velocidade quanto em tempo de pista. Só temos que agradecer ao time e aos técnicos dos Estados Unidos pela oportunidade", comentou Edson Bindilatti, piloto brasileiro, em vídeo publicado pela CBDG. 

A seletiva serviu para definir os representantes norte-americanos nas principais competições de bobsled e skeleton desta temporada. O país tem uma longa tradição nas duas modalidades, mas enfrenta um período de seca de conquistas. No bobsled masculino, por exemplo, os últimos triunfos aconteceram em 2012, com títulos mundiais nas duplas e no quarteto. Já no skeleton a última alegria foi o título mundial de Katie Uhlaender, também em 2012. 

O Brasil, por sua vez, faz os últimos ajustes antes da abertura da Copa América de bobsled. A primeira etapa da competição será em Calgary, no Canadá, entre os dias 11 e 14 de novembro. Antes do fim do ano, os blue birds também participam de duas etapas da Copa do Mundo da modalidade. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.