Maciej Kot conquista título do Grand Prix de Esqui Saltos

Maciej Kot comemora vitória e título do Grand Prix (Divulgação/FIS)

O polonês Maciej Kot ficou de fora nas quatro últimas etapas do Grand Prix de Esqui Saltos e parecia que sua liderança na competição seria ameaçada. Ledo engano! Na etapa de Hinzenbach, na Áustria, disputada neste sábado, ele retornou em grande estilo e ainda confirmou o título antecipado desta temporada. 

O jovem atleta participou de apenas cinco provas, mas venceu quatro e foi o segundo colocado em uma. Assim, chegou aos 480 pontos e não pode mais ser alcançado pelos rivais. O alemão Andreas Wellinger é o segundo na classificação geral, com 335, mas falta apenas uma disputa a ser realizada. 

Neste sábado, Kot venceu com 257.2 pontos na somatória dos dois saltos na montanha HS 94. O também polonês Dawid Kubacki ficou na segunda posição, com 247.5, e o esloveno Peter Prevc, campeão da Copa do Mundo na temporada passada, foi o terceiro com 244.3.

"Eu venci aqui há quatro anos e adoro esta montanha. Mas hoje essa vitória significa mais porque garantiu o título geral do Grand Prix. Agora já estou me preparando para a despedida em Klingenthal. Eu sei que preciso continuar trabalhando forte e ouvir meu treinador para fazer com que o sucesso no verão se repita no inverno", afirmou Kot. 

O título antecipado do polonês só foi possível pela combinação de resultados nas duas provas em Chaikovsky, na Rússia. Os principais rivais não aproveitaram a ausência e ficaram longe do pódio. Na primeira, a vitória ficou com Robert Kranjec, da Eslovênia, que obteve 275.5 pontos. Na segunda, o também esloveno Anze Semenic venceu com 271.2. A etapa de Almaty foi cancelada e também contribuiu para manter a vantagem de Maciej Kot. 

Neste domingo, 2 de outubro, acontece a última etapa do Grand Prix de Esqui Saltos apenas para cumprir tabela. Os atletas saltam na montanha HS 140 de Klingenthal, na Alemanha, e já se preparam para o início da temporada de inverno do hemisfério norte, a partir de novembro. 

Disputa feminina

Entre as mulheres, a japonesa Sara Takanashi novamente foi muito superior às rivais. Após vencer a primeira etapa, na Alemanha, a atleta conquistou as duas provas em Chaikovsky e confirmou o título do Grand Prix com 300 pontos e 100% de invencibilidade. A alemã Carina Vogt, campeã olímpica, foi a segunda colocada geral com 160 pontos. 

Na etapa russa, disputada em HS 106, Takanashi conquistou o primeiro ouro ao obter 256.9 pontos com seus saltos, à frente de Maren Lundby, da Noruega, e Maja Vtic, da Eslovênia. Depois, a representante do Japão conseguiu 260.7 pontos, com Vogt na segunda posição e Irina Avvakumova, da Rússia, na terceira posição. 

Sara Takanashi segue soberana entre as mulheres (divulgação/FIS)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.