Hóquei no gelo masculino define classificados para os Jogos de 2018

Noruega vence França e confirma vaga (Norden AS/Arve Bjerkaasholmen)

O hóquei no gelo masculino foi a primeira modalidade dos esportes de inverno a definir os participantes nos Jogos Olímpicos de 2018, que acontecem em Pyeongchang, na Coreia do Sul. As três últimas vagas abertas foram definidas no início de setembro em três localidades diferentes. 

Em Minsk, na Bielorrússia, os donos da casa eram favoritos, mas sucumbiram para a Eslovênia no último jogo. Os dois times chegaram com duas vitórias sobre a Dinamarca e Polônia. No tempo normal e prorrogação eles empataram em 2 a 2. No penalty shot, Rok Ticar fez para os eslovenos, enquanto que Andrei Kostitsyn desperdiçou a classificação olímpica para os bielorrussos. 

Já os alemães nem precisaram dos pênaltis para eliminarem os letões em sua própria casa. A capital Riga recebeu os confrontos do Grupo E e o roteiro foi praticamente o mesmo: Alemanha e Letônia venceram Áustria e Japão e definiram a vaga na última rodada. Tom Kuhnhackl fez o gol salvador dos germânicos na vitória de 3 a 2. 

Por fim, a Noruega foi a única seleção que fez prevalecer o fator casa na disputa pré-olímpica. Jogando em Oslo, os noruegueses começaram com um tropeço ao perderem de 4 a 3 para o Cazaquistão na estreia, mas se recuperaram ao derrotarem a Itália por 4 a 1 e a França por 2 a 1 no tempo normal. Com sete pontos, ficaram dois à frente dos franceses. 

Com a Coreia do Sul obtendo uma vaga por ser o país-sede dos Jogos Olímpicos, a IIHF levou em conta os Mundiais de 2014 e 2015 para determinar o ranking mundial. As oito melhores seleções garantiram vaga direta: Canadá, Rússia, Suécia, Finlândia, EUA, República Tcheca, Suíça e Eslováquia foram os países premiados. As demais foram distribuídas em quatro etapas de acordo com seu ranqueamento. 

Dessa forma, a disputa do hóquei no gelo masculino em Pyeongchang-2018 ficará assim. No Grupo A estão Canadá, República Tcheca, Suíça e Coreia do Sul. No Grupo B tem Rússia, EUA, Eslováquia e Eslovênia. Já no Grupo C estão Suécia, Finlândia, Noruega e Alemanha. 

O regulamento será o mesmo das edições de Vancouver e Sochi. As equipes se enfrentam entre si no grupo: os primeiros colocados e o melhor segundo avançam para as quartas de final. As outras oito equipes se enfrentam em um mata-mata para definir as outras quatro seleções que seguem na disputa. A partir daí, eliminatória simples em um jogo até à decisão. 

Se nos homens a situação do hóquei no gelo já está resolvida, as mulheres começam o pré-olímpico a partir de outubro deste ano. O ranking foi definido após o Mundial de 2016 e restam duas vagas abertas. A lógica é a mesma da masculina: são quatro fases com as equipes distribuídas conforme o ranqueamento. A primeira delas será entre 7 e 9 de outubro na Cidade do México. As anfitriãs recebem Turquia e Hong Kong por uma vaga na segunda etapa pré-olímpica. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.