Lokomotiv Rio Hockey recebe homenagem de time homônimo russo

Vladimir Tokmakov, cônsul-geral da Rússia, distribui camisas do Lokomotiv (Divulgação)

Um dos mais tradicionais times de hóquei do Brasil, o Lokomotiv Rio Hockey recebeu uma homenagem diferente neste último fim de semana. Com as presenças do cônsul-geral da Rússia no Rio de Janeiro, Vladimir Tokmakov, e do prefeito Eduardo Paes, os jogadores receberam camisas oficiais e personalizadas do Lokomotiv Yaroslavl, da Rússia. 

A equipe russa foi a homenageada por um grupo de amigos e fãs de hóquei no Rio de Janeiro em 2013, quando eles decidiram criar um novo time no Brasil para as categorias inline e gelo. Dois anos antes, o Lokomotiv Yaroslavl havia sofrido um trágico acidente aéreo que vitimou todos os integrantes. 

As camisas foram produzidas e enviadas por torcedores russos, que descobriram a história do homônimo carioca e decidiram enviar um jogo de uniformes personalizados como forma de agradecimento. Em 2015, uma equipe de TV da Rússia fez uma série de matérias com o Lokomotiv Rio Hockey. 

Eduardo Paes, que acompanhava a aula de hóquei do seu filho e ficou sensibilizado pela homenagem, lembrou que o esporte tem a capacidade de unir povos e desenvolver pessoas e lugares distintos - como era o caso. Já Vladimir Tokmakov brincou ao associar as duas equipes. "Durante as partidas do Lokomotiv Yaroslavl, sua torcida grita 'lookoo, lookoo' e hoje eu conheci os Lokos brasileiros que também fazem parte dessa grande família", afirmou, brincando com a ambiguidade da palavra louco no Brasil. 

Integrante da KHL, apontada como a segunda liga mais importante do hóquei no gelo, o Lokomotiv Yaroslavl tem como grande conquista recente o vice-campeonato da Copa Gagarin em 2009. No dia 7 de setembro de 2011, o avião que levava a equipe até Minsk, na Bielorrússia, caiu e matou todas as pessoas a bordo. 

Confira mais cliques da homenagem recebida pelo Lokomotiv Rio Hockey:




Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.