CBDN divulga critérios técnicos para os Jogos de Pyeongchang

CBDN divulga critérios para definir equipe em Pyeongchang (Divulgação)

Como vocês já sabem, o período pré-olímpico para os Jogos de Inverno de Pyeongchang-2018 começou no dia 1º de Julho - o que faz a temporada sul-americana deste ano crescer em importância. Para agilizar a preparação dos atletas, a CBDN divulgou nesta semana os critérios para definir os integrantes da delegação brasileira nas modalidades de neve. 

Os documentos estão disponíveis em quatro links: snowboard, esqui alpino, freestyle e cross-country. A entidade almeja classificar um número recorde de atletas e de esportes e, pela primeira vez, está próximo de garantir um índice A no esqui alpino e no esqui cross-country. 

Alguns tópicos são obrigatórios para todas as modalidades, como atingir o índice mínimo exigido pela FIS e disputar os campeonatos brasileiros em 2016 e 2017. Alem disso, cada esporte possui sua peculiaridade. O esqui alpino, por exemplo, vai definir seus representantes em dezembro de 2017, um mês antes do prazo, para garantir tempo de preparação. Já no cross-country será levado em conta a Lista de pontos da CBDN, com os cinco melhores resultados dos atletas na disputa pela vaga. 

"Assim como nas edições passadas, a CBDN preza sempre por critérios simples e objetivos para seleção dos atletas que alcançam o índice olímpico em suas modalidades, visando estimular a competição e o desenvolvimento dos atletas brasileiros com potencial de classificação", confirmou Pedro Cavazzoni, CEO da entidade.

A expectativa é manter a evolução registrada nos Jogos Olímpicos de Sochi, em 2014. Na ocasião, a CBDN bateu todos os recordes de participação ao classificar seis atletas para seis modalidades diferentes - recorde até o momento. Na ocasião, o Brasil enviou sua maior delegação, com 13 competidores em oito esportes diferentes. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.