Argentina discute Centro de Alto Rendimento em esportes de inverno

Políticos e dirigentes argentinos se reúnem na Terra do Fogo (Divulgação)

Se aqui no Brasil a sonhada arena olímpica de gelo esbarra na burocracia, na Argentina a comunidade de esportes de inverno deu um importante passo na última sexta-feira, dia 1º de Julho. Políticos e dirigentes esportivos se reuniram na Província da Terra do Fogo para discutir a viabilização de um centro de alto rendimento para as modalidades de neve e gelo. 

O encontro foi liderado pela governadora Rosana Bertone e contou com a participação do Comitê Olímpico Argentino e com as federações esportivas de esqui, patinação, hóquei no gelo e modalidades de trenó (bobsled, luge e skeleton). O debate aconteceu em Ushuaia, uma das principais cidades sul-americanas quando o assunto é esporte de inverno. 

"Acreditamos que sendo a Terra do Fogo a província mais ao sul e tendo essas condições naturais, é muito importante construir um lugar para treinamento e que promova um trabalho de contenção aos esportes de inverno", informa Mario Moccia, secretário-geral do Comitê Olímpico Argentino. 

Daniel Jacubovich, secretário-geral do ENARD (Ente Nacional de Alto Rendimiento Deportivo), foi além. "O esporte argentino tem uma dívida com os esportes de inverno, que é gerar condições para trocar este esquema em que somos coadjuvantes e não protagonistas em nível internacional".

Verdade seja dita, é a Argentina o único país da América do Sul que possui as condições naturais para se tornar uma nação forte nos esportes de inverno. A expectativa é que essa movimentação seja um exemplo para os vizinhos sul-americanos também se mobilizarem e crescerem cada vez mais nas modalidades de neve e gelo. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.