EUA surpreendem e avançam à semifinal do Mundial de Hóquei no Gelo

Auston Matthews comemora o gol da classificação dos EUA (Andre Ringuette/HHOF-IIHF)

De um lado estava a República Tcheca, que tinha perdido apenas uma partida na primeira fase do Mundial de Hóquei no Gelo masculino. Do outro, a jovem seleção dos Estados Unidos, com uma campanha irregular de três vitórias e quatro derrotas na competição. A expectativa era por uma vitória fácil dos tchecos, mas a zebra novamente passeou nos rinks de patinação da Rússia, país-sede da competição. 

Mostrando nervos de aço, os norte-americanos derrotaram a República Tcheca por 2 a 1 nas quartas de final do Mundial de Hóquei no Gelo. As quatro partidas foram realizadas nesta quinta-feira, dia 19 de maio. Além dos EUA, a Finlândia, o Canadá e a Rússia completam a lista dos semifinalistas. 

Porém, nada se compara ao feito obtido pela seleção da América do Norte. Primeiro pela disparidade das campanhas: a República Tcheca era favorita ao título desde o início, enquanto que os norte-americanos mais perderam do que ganharam na primeira fase. Segundo, pela ausência dos principais atletas do país, que seguem disputando a NHL. Por fim, a baixa média de idade dos Estados Unidos. Apenas um atleta tem mais de trinta anos: Matt Hendricks, 34. 

Coube a um deles, inclusive, carregar a equipe até a semifinal. Auston Matthews, 18 anos e apontado como grande revelação do hóquei nos últimos tempos, fez o gol de empate para os EUA e, na disputa de pênaltis, converteu sua chance e confirmou a vitória. 

Na semifinal, eles enfrentam um velho conhecido: o Canadá. Os atuais campeões mundiais não encontraram dificuldades para derrotarem a Suécia por 6 a 0 nas quartas de final. Agora, os norte-americanos tentam quebrar um incômodo tabu. Desde 1960 a equipe não chega a uma decisão do Mundial de Hóquei no Gelo masculino - na ocasião, eles conquistaram seu último troféu. 

Na outra semifinal, teremos um clássico europeu que poderia muito bem ser a final da competição nesta temporada. Os russos, totalmente recuperados do tropeço na estreia, venceram a Alemanha por 4 a 1 e enfrentam a Finlândia, que derrotou a Dinamarca por 5 a 1. As duas seleções realizaram a final do Mundial de 2014, quando a Rússia conquistou seu último título.

Informações completas sobre o Mundial 2016 de Hóquei no Gelo masculino podem ser encontradas no site oficial! Os atletas terão apenas um dia de folga e retornam aos rinks de gelo no sábado, para a disputa da semifinal. A disputa de medalhas acontece neste domingo, dia 22. 

Confira os melhores momentos da partida que garantiu a vaga para os Estados Unidos nas quartas de final:


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.