Rússia conquista título inédito no Mundial de Patinação Sincronizada

Time Paradise conquista primeiro título para a Rússia (Divulgação)

O Time Paradise, da Rússia, já havia feito história na temporada passada ao conquistar a primeira medalha de ouro do país europeu no Mundial de Patinação Sincronizada. Neste ano, porém, a equipe foi além e conquistou a inédita primeira colocação na competição realizada em Budapeste, na Hungria, entre os dias 8 e 9 de abril. 

As meninas russas, que ocupam a quarta posição no ranking internacional, conquistaram 212.69 pontos nas duas apresentações. No programa curto, elas venceram com 73.86 pontos (36.38 nos elementos técnicos e 37.49 nos componentes do programa). Já no programa longo a segunda posição foi suficiente para garantir o título mundial. 

A Finlândia, país considerado o principal centro do esporte, conquistou a medalha de prata com seu "Time 2" após somar 207.84 pontos - foi a 50ª medalha finlandesa na história do Mundial! A seleção norte-americana completou o pódio com 206.95 pontos, graças à excelente apresentação no programa longo, que garantiu a primeira posição da categoria.

Em 17 edições do Mundial de Patinação Sincronizada, as equipes escandinavas dominam a competição. A Finlândia, por exemplo, conquistou oito títulos com três times diferentes. A Suécia tem seis conquistas, todas com o Time Surprise. Já o Canadá, com a equipe NEXXICE, obteve duas medalhas douradas.  

A Patinação Sincronizada tem a mesma avaliação das categorias olímpicas da patinação artística, com a diferença de que o trabalho em equipe constitui ponto importante para a análise dos juízes - afinal, são 20 mulheres no rink executando manobras ao mesmo tempo!

A modalidade surgiu na década de 50, com Richard Porter, para entreter torcedores do time de hóquei no gelo da Universidade de Michigan. A partir dos anos 1970 o interesse pela nova modalidade esportiva cresceu e encontrou sua plenitude a partir de 2000, com a primeira edição do Mundial. Neste ano, 26 conjuntos de 21 países participaram do evento - incluindo o México, representante da América Latina na modalidade. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.