Mundial masculino de Curling encerra primeira fase com surpresas

Japão surpreende e conquista vaga na semifinal (WCF/Richard Gray)

Nas últimas três temporadas, Noruega e Suécia dominaram o curling masculino, tendo decidido o título mundial em 2014 e 2015, com um troféu para cada. Porém, em 2016, os dois países escandinavos foram eliminados na primeira fase do Mundial realizado em Basel, na Suíça. A fase de classificação terminou nesta quinta-feira, dia 7. 

O desempenho ruim é mais surpreendente se levarmos em consideração o bom início de competição das duas seleções. Após três dias, ambas estavas empatadas com quatro vitórias e uma derrota, mas decepcionaram na segunda metade do campeonato. A Suécia, comandada por Niklas Edin, venceu apenas um jogo e perdeu outros cinco, ficando na sexta colocação. Já a Noruega teve dois triunfos e quatro derrotas. terminando uma posição acima. 

Melhor para o Canadá, que segue disposto a quebrar o jejum de três anos sem título no Mundial Masculino de Curling. A equipe da América do Norte teve dez vitórias e apenas um tropeço (curiosamente para a Suécia, por 4 a 3, no end extra). A equipe de Kevin Koe, que foi campeã em 2010, realmente está dando um show no gelo suíço. 

Na segunda posição, tivemos um empate triplo: Dinamarca, Japão e Estados Unidos tiveram uma campanha idêntica, com oito vitórias e três derrotas. Porém, no critério de desempate (retrospecto direto contra os rivais na primeira fase), os dinamarqueses levaram a melhor e ficaram com a segunda colocação. Os japoneses foram os terceiros e os norte-americanos ficaram com a última vaga para a semifinal.

Os três times não têm muita tradição na disputa masculina do Curling. Apenas os EUA já foram campeões mundiais em quatro ocasiões, mas o último triunfo foi em 1978 e o último pódio em 2007. A Dinamarca tem dois bronzes (1985 e 1990) e o Japão já faz a melhor campanha de sua história. 

Nesta sexta-feira, acontece o play-off entre Canadá e Dinamarca às 19h no horário local (14h no horário de Brasília). Quem vencer vai para a decisão, no domingo, enquanto que o perdedor faz a semifinal contra o time vitorioso do confronto entre Japão e EUA no sábado, às 9h no Brasil. Aí sim, quem vencer a semifinal vai para a final. Informações completas, com resultados de todas as partidas, estão disponíveis neste link

Confira os melhores momentos da última partida do Canadá na primeira fase. A equipe é favorita ao título Mundial no Curling em 2016: 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.