Guilherme Grahn encerra temporada do Brasil nos esportes de neve

Guilherme Grahn durante o Brasileiro de esqui alpino (Divulgação/CBDN)

Após competir em duas provas de slalom gigante em Taernaby, na Suécia, o esquiador alpino brasileiro Guilherme Grahn encerrou sua participação nesta temporada na última quarta-feira, dia 27 de abril. Esta foi a última participação de um atleta brasileiro em uma competição de inverno no hemisfério norte neste primeiro semestre. 

O jovem esteve presente na descida de slalom e mostrou o porquê ele é considerado uma das promessas do esqui alpino nesta categoria. Com o ótimo tempo combinado de 1min44seg64, conseguiu ficar na sexta posição e obteve 41.36 pontos FIS. O vencedor foi Max-Gordon Sundquist, com 1min40seg36 e 10.65 pontos FIS. 

Este resultado ratifica sua posição de melhor atleta brasileiro no slalom. Nesta temporada, ele conseguiu estabelecer um novo recorde nesta modalidade e, pela primeira vez, conseguiu quebrar a barreira dos 40 pontos na Lista FIS - nunca antes algum brasileiro conseguiu tal façanha no ranking internacional do esqui alpino. Ele é o 653º na lista - se conseguir entrar no Top 500 até dia 21 de janeiro, consegue uma vaga direta para os Jogos Olímpicos de 2018!

Agora, ele aproveita as merecidas férias na Suécia, onde mora com a família. Já a CBDN entra no período de reuniões para atualizar os business plans e traçar metas para a próxima temporada, que começa na América do Sul em julho. Lembrando que a partir de 1º de julho de 2016 as competições já contam pontos para o ranking pré-olímpico! 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.