Seleção dos EUA conquista o Mundial feminino de hóquei no gelo

O gol que garantiu o título norte-americano (Andre Ringuette/HHOF-IIHF Images)

Foi difícil, apertado e com um gol apenas no overtime, mas a seleção dos Estados Unidos ratificou o favoritismo e mostrou quem manda atualmente no Mundial feminino de Hóquei no Gelo. O país derrotou o Canadá por 1 a 0 na noite desta segunda-feira, em Kamloops, e conquistou o seu sétimo título nas últimas nove edições da competição.

Com sete troféus, as norte-americanas diminuem a diferença para as canadenses no retrospecto histórico. A seleção do Canadá possui dez conquistas, tendo vencido as oito primeiras edições do Mundial feminino de Hóquei no Gelo. Os dois países da América do Norte fizeram todas as 17 finais já realizadas.

Em 2016, porém, ninguém foi páreo para os Estados Unidos. A equipe venceu as cinco partidas realizadas, fez 23 gols e tomou apenas dois. Hilary Knight, a principal jogadora norte-americana, foi a artilheira com sete gols e a MVP do campeonato.Mas na decisão, brilhou a estrela de Alex Carpenter. Foi dela o gol aos 12 minutos da prorrogação que garantiu o título para os Estados Unidos após três períodos equilibrados. 

"É sempre excitante vencer um Campeonato Mundial, mas vencer contra nossas maiores rivais em sua própria casa faz tudo ficar mais gostoso", comemorou Megan Duggan, capitã dos Estados Unidos. 


Na disputa pelo bronze, a Rússia, que havia perdido para a Finlândia na fase de grupos, deu o troco e conquistou o terceiro lugar ao vencer por 1 a 0 nos pênaltis - Olga Sosina fez o gol que garantiu a terceira medalha da seleção russa na história da competição. 

O Mundial Feminino de Hóquei no Gelo terá mais duas disputas nas divisões inferiores neste mês. Em 2017, a a competição segue para Plymouth, nos Estados Unidos, onde a equipe norte-americana tentará quebrar um tabu: conquistar seu primeiro título mundial em casa. 

Divisão de Acesso

No Grupo A da Divisão 1, a Alemanha conquistou a classificação para a elite do Mundial feminino de Hóquei no Gelo em 2017. O país europeu ficou na primeira colocação da competição realizada Aalborg, na Dinamarca, entre os dias 25 e 31 de março. Com quatro vitórias e uma derrota, as alemãs somaram 12 pontos e terminaram empatadas com a França na primeira posição. Porém, levaram vantagem no saldo de gols (9 a 6) e ficaram com o acesso. Já a Eslováquia, com apenas um ponto ganho, caiu para o Grupo B no ano que vem. 

Confira os melhores momentos da partida decisiva entre Canadá e EUA no Mundial feminino de hóquei no gelo:

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.