Rússia e EUA conquistam Mundial Sprint de patinação de velocidade

Pavel Kulizhnikov (Divulgação/ISU)

O russo Pavel Kulizhnikov e a norte-americana Brittany Bowe conquistaram o título do Mundial de Sprint de patinação de velocidade nesta temporada. A competição aconteceu em Seul, na Coreia do Sul, e contou com duas provas de 500 e mais duas de 1000 metros - as mais rápidas da modalidade. 

O formato lembra um pouco o sistema allround, em que os tempos são somados e o atleta que tiver menos pontos sagra-se campeão. Entre os homens, a disputa foi grande entre Kulizhnikov e o holandês Kjeld Nuis. 

O russo venceu as duas provas de 500 metros e foi o segundo colocado nas de 1000 metros. Já o representante da Holanda inverteu: foi o mais rápido nas disputas de 1000 metros e ficou na segunda posição nas duas corridas mais rápidas. Dessa forma, Kulizhnikov obteve 139.245 pontos, contra 139.995 de Nuis - Kai Verbij, também holandês, foi o terceiro. 

Brittany Bowe (Divulgação/ISU)
Entre as mulheres, Brittany Bowe foi a mais rápida nas duas provas de 1000 metros e contou com a falta de regularidade das rivais no percurso de 500 metros: em uma delas a vitória ficou com a chinesa Hong Zhang e na outra a vencedora foi Jorien ter Mors, da Holanda. 

Assim, a competidora dos EUA obteve 151.595 pontos, 0.350 à frente de sua compatriota Heather Richardson (que subiu ao pódio nas quatro provas e foi premiada pela regularidade). Jorien ter Mors conquistou a medalha de bronze na classificação final.

Os atletas de patinação de velocidade não têm tempo para descansar. Neste fim de semana, entre 5 e 6 de março, acontece o Mundial Allround da modalidade. O campeão é definido após a disputa de diferentes percursos. Aquele que somar menos pontos fica com o título. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.