Rolland e Onozuka conquistam Copa do Mundo de esqui livre halfpipe

Rolland e Onozuka comemoram o título no halfpipe (FIS)

A japonesa Ayana Onozuka e o francês Kevin Rolland foram os grandes campeões da temporada na Copa do Mundo de esqui livre halfpipe. A confirmação dos título para os dois competidores aconteceu apenas na última etapa da competição, realizada em Tignes, na França, no dia 10 de março.

Kevin Rolland, inclusive, fez valer o fator casa para conseguir seu segundo título da Copa do Mundo (já havia conquistado o globo de cristal em 2008). Ele venceu a prova masculina com 95.80 pontos, à frente do norte-americano Lyman Currier, prata, e de seu compatriota Benoit Valentin, bronze. Assim, Rolland chegou aos 296 pontos, contra 245 de Aaron Blunck, dos EUA, e do próprio Valentin. 

"Foi um perfeito fim de temporada para mim. Toda minha família e amigos estiveram comigo aqui em Tignes. Era meu objetivo no início da temporada conquistar esse globo e foi uma grande luta nesta última etapa. Todo mundo fez boas descidas e foi um grande espetáculo, então não poderia estar mais feliz", comemorou o francês. 

Já Ayana Onozuka nem precisou vencer para conquistar o título do halfpipe. Atual campeã da Copa do Mundo, ela ficou na quarta posição em Tignes. Maddie Bowman, dos EUA, foi a vencedora da última etapa com 91 pontos. A também norte-americana Annalisa Drew foi a segunda colocada e a francesa Marie Martinod completou o pódio. Assim, a japonesa terminou com 290 pontos, contra 260 de Logan, e conquistou o bicampeonato. 

"Embora eu tenha perdido o pódio, eu consegui conquistar o globo novamente neste ano. Portanto, estou muito feliz de terminar a temporada assim! Agora vou trabalhar para fazer novas rotações e saltos para a próxima temporada e buscar o tricampeonato", confirmou Onozuka. 

Com todas as disciplinas de esqui livre encerradas nesta temporada, a Copa do Mundo freestyle conheceu os campeões gerais. A cada ano um atleta de moguls, aerials, ski cross, halfpipe e slopestyle conquista o título geral. Nessa contagem, os pontos são distribuídos de forma diferente, levando em conta a posição de cada prova. Assim, Mikael Kingsbury, do Moguls, conquistou seu quinto globo no masculino. Já no feminino, a norte-americana Devin Logan, vice-campeã do halfpipe, conquistou o título entre as mulheres por ser mais regular do que as rivais. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.