Lara Gut e Marcel Hirscher encaminham título no esqui alpino

Lara Gut se aproxima do título da Copa do Mundo (AgenceZoom)

A suíça Lara Gut foi apenas a quarta colocada no slalom gigante em Jasna, na Eslováquia, mas pode-se dizer que ela foi a grande vencedora desta etapa da Copa do Mundo de Esqui Alpino. Com 1257 pontos, a atleta reassume a liderança da competição e está prestes a conquistar seu primeiro globo de cristal da FIS. 

Isso porque sua principal rival, a norte-americana Lindsey Vonn, sofreu uma pequena lesão na semana passada e não participará das últimas provas. Ela era a antiga líder da temporada, com 1235. A alemã Viktoria Rebensburg está em uma crescente e é a terceira com 994. 

As mulheres participaram de duas provas na Eslováquia. No slalom, Mikaela Shiffrin, dos EUA, venceu com 1min55seg60, à frente da suíça Wendy Holdener, prata, e da atleta da casa Veronika Zuzulova, bronze. No slalom gigante, o ouro ficou com Eva Maria-Brem, da Áustria, que obteve o tempo combinado de 2min30seg60. Rebensburg foi a segunda colocada e Federica Brignone, da Itália, completou o pódio. 

A Copa do Mundo feminina de esqui alpino prossegue no próximo fim de semana em Lenzerheide, na Suíça - é a penúltima etapa da competição. Dependendo dos resultados, Lara Gut pode conquistar o título antecipado da temporada. 

Entre os homens, a situação está mais tranquila para o líder Marcel Hirscher, da Áustria. Com duas vitórias e um bronze nas três provas realizadas em Kranjska Gora, na Eslovênia, ele abriu uma vantagem segura para o norueguês Henrik Kristoffersen, vice-líder do ranking masculino. 

O austríaco venceu uma prova do slalom gigante com 2min12seg58, deixando o francês Alexis Pinturault em segundo e Kristoffersen em terceiro. Depois, no slalom, conquistou o segundo triunfo com 1min46seg24 - Kristoffersen foi prata e o italiano Stefano Gross ficou com o bronze. Apenas em uma descida de slalom gigante que Pinturault quebrou a hegemonia e venceu com o tempo combinado de 1min52seg18 - Phillip Schoerghofer, da Áustria, foi o segundo. 

Assim, Hirscher tem 1625 pontos e encaminha o pentacampeonato da Copa do Mundo de Esqui Alpino. Henrik Kristoffersen, que assegurou o título no slalom, é o segundo com 1272 e está mais próximo do terceiro, Alexis Pinturault, do que da liderança da competição. A próxima etapa masculina acontece em Kvitfjell, na Noruega, entre 10 e 13 de março. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.