Lara Gut e Marcel Hirscher são os campeões gerais no esqui alpino

Lara Gut conquista o título geral pela primeira vez (Agence Zoom)

Em 2009, a suíça Lara Gut surgiu como um furacão no esqui alpino: com apenas 17 anos, conquistou duas medalhas de prata no Mundial adulto daquele ano. Após sete anos, com muitas idas e vindas, ela finalmente conquistou seu primeiro título no esporte: a Copa do Mundo desta temporada.

O feito foi obtido logo no primeiro dia da etapa final da competição, realizada em St. Moritz, nos alpes suíços, nesta quarta-feira. Sem a norte-americana Lindsey Vonn, machucada, e com a alemã Viktoria Rebensburg fora da disputa no downhill, bastou à atleta terminar na 13ª posição da prova para conquistar seu primeiro globo de cristal. A austríaca Mirjan Puchner venceu com 1min40seg93 - a suíça Fabienne Sutter foi prata e a italiana Elena Curtoni ficou com o bronze.

Já nesta quinta, dia 17, Lara Gut conquistou a segunda posição no Super G e, de quebra, também conquistou o titulo desta categoria. Na corrida, ficou atrás apenas da liechtensteinense Tina Weirather, que venceu com 1min18seg93 - Cornelia Huetter, da Áustria, completou o pódio. 

Assim, com 1462 pontos no ranking e o título geral garantido, a jovem recoloca a Suíça no topo da Copa do Mundo de esqui alpino feminino pela primeira vez desde 1995, quando Vreni Schneider foi a campeã. Lindsey Vonn ainda é a segunda colocada da temporada, com 1235, e Viktoria Rebensburg é a terceira, com 1047. 

Entre os homens, o campeonato também foi decidido na prova de downhill e de forma tranquila. O austríaco Marcel Hirscher sequer precisou competir para confirmar o pentacampeonato. Isso porque o norueguês Henrik Kristoffersen, seu principal rival na disputa, também é especialista em provas técnicas e não competiu na quarta-feira. 

A vitória no downhill ficou com o suíço Beat Feuz, com o tempo de 1min40seg44, à frente do norte-americano Steve Nyman, segundo, e do canadense Erik Guay, terceiro. No Super G, nesta quinta-feira, Feuz ganhou mais um ouro com 1min16seg17 - os noruegueses Kjetil Jansrud e Aleksander Kilde ficaram com a prata e bronze, respectivamente. 

Campeão antecipado, Hirscher lidera o ranking da Copa do Mundo de esqui alpino com 1670 pontos, contra 1272 de Kristoffersen - o norueguês Kjetil Jansrud assumiu a terceira posição provisória com 1143. Nesta sexta-feira, dia 18, acontece a prova por equipe. Já no sábado e domingo há o encerramento da competição com as provas de slalom e slalom gigante. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.