Jaqueline Mourão avança no Ski Tour Canada de cross-country

Jaqueline Mourão durante o sprint (Ulysse Ramsay)

Representante brasileira nas últimas etapas da Copa do Mundo de Esqui Cross-Country, a brasileira Jaqueline Mourão competiu neste fim de semana em mais duas etapas do Ski Tour Canadá, evento que fecha a temporada da modalidade. As provas foram realizadas em Quebec, no país-norte-americano. 

Na sexta-feira, dia 4, Jaqueline ficou na 69ª colocação da qualificação do sprint em técnica livre, com o tempo de 4min19seg17 e 195.83 pontos FIS - seu melhor desempenho em etapas de Copa do Mundo na história! Na bateria decisiva, a vitória foi da sueca Stina Nilsson, à frente das norueguesas Maiken Falla, prata, e Heidi Weng, bronze.

Depois, no sábado, a brasileira encarou sua prova mais difícil até o momento: os 10km de perseguição em técnica livre. Ela terminou na 66ª colocação, com o tempo de 40min58seg9 e pouco mais de 16 minutos atrás de Heidi Weng, vencedora da prova. As também norueguesas Therese Johaug e Astrid Jacobsen terminaram na segunda e terceira posições, respectivamente. Entretanto, a competidora da CBDN alcançou seu principal objetivo. 

"A prova não foi tão boa, mas pelo menos a Jaqueline se classificou! Ela está em ótima forma! Durante a prova, até mesmo um dos treinadores do time canadense comentou que os esquis dela estão parecendo mais lentos do que dos demais. Não sei se é a neve diferente ou se foi erro de preparação do esqui na wax cabine... Estamos com muitas perguntas sobre isso, e vamos testar todos os esquis assim que chegarmos em Canmore. Vamos em frente e sabemos que lá ela sempre consegue andar bem. O objetivo principal agora é se classificar para andar bem nos 10km no dia 11 de março", comentou Guido Visser, marido e técnico da brasileira, ao Brasil Zero Grau. 

Entre os homens, a Noruega não teve tanta sorte neste fim de semana. Na prova de sprint, a vitória ficou com o francês Baptiste Gros, deixando o canadense Alex Harvey em segundo e o russo Sergey Ustiugov em terceiro. Depois, nos 15km de perseguição em técnica livre, Ustiugov venceu com 34min31seg8, com os noruegueses Peter Northug Jr e Emil Iversen conquistando a prata e bronze, respectivamente. 

Porém, no ranking da Copa do Mundo de Esqui Cross-Country, houve pouca alteração. Therese Johaug tem 2140 pontos e segue com uma pequena vantagem entre as mulheres (Ingvil Oestberg é a vice-líder com 1924). No masculino, Martin Sundby possui 2067 pontos, contra 1359 de Finn Haagen Krogh. 

Agora, o Ski Tour Canada segue para Canmore, local das últimas quatro provas de esqui cross-country da temporada. Na terça-feira, dia 8, acontece o sprint em técnica clássica. Depois, na quarta, tem a prova de skiatlo, que combina as duas técnicas do esporte. Classificada, a brasileira Jaqueline Mourão estará presente.  

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.