Guilherme Grahn volta a competir em provas de esqui alpino

Guilherme Grahn (Divulgação/CBDN)

Recordista brasileira de esqui alpino no slalom, o jovem Guilherme Grahn voltou a competir na modalidade e encarou três corridas em Vemdalen, na Suécia, neste último fim de semana. Foram duas disputas de slalom gigante e uma de slalom, com o atleta conquistando boas marcas para sua carreira.

Apenas no slalom, realizado no domingo, Guilherme não teve um bom desempenho ao não completar a primeira descida e ficar de fora da classificação final - Max-Gordon Sundquist foi o vencedor 1min15seg57 e 17.09 pontos.Nas provas de slalom gigante, porém, ele conseguiu as melhores marcas de sua carreira nesta categoria. 

Na sexta-feira, dia 18 de março, o atleta ficou na 22ª posição da primeira prova, com 2min07seg67 e 52.12 pontos FIS - o vencedor foi do sueco Albert Baeckman, com 2min03seg55 e 19.44 pontos. Já na segunda disputa, no sábado, conseguiu sua melhor marca da carreira nesta categoria ao terminar na 24ª colocação e obter o tempo combinado de 2min13seg49 e 46.20 pontos FIS. O sueco Ludwig Cassman venceu com 2min10seg15 e 21.05 pontos. 

A temporada do esqui alpino está na reta final, mas Guilherme Grahn encara mais algumas provas até abril. A expectativa é que ele consiga melhorar ainda mais as suas marcas. Seu próximo desafio deve ser três provas de slalom entre 24 e 26 de março, também na Suécia. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.