Peter Prevc e Sara Takanashi se aproximam de título no esqui saltos

Daniela Iraschko-Stolz vence após dez etapas, mas segue atrás no ranking (FIS)

A Copa do Mundo de Esqui Saltos teve uma semana muito agitada, com provas masculinas e femininas. Os homens, por exemplo, competiram em Trondheim, na Noruega, e depois encararam Ski Flyer em Vikersund, ainda nas montanhas norueguesas. Já as mulheres participaram de duas provas em Ljubno, na Eslovênia. 

Foram elas, aliás, que protagonizaram a maior surpresa da modalidade nos últimos dias. Após vencer dez etapas consecutivas, a japonesa Sara Takanashi, líder do ranking, viu sua supremacia ser interrompida nas duas provas HS 95. 

Na primeira, ela foi a segunda colocada, com 263.2 pontos, e atrás da eslovena Maja Vtic, vencedora com 267.7 pontos - a alemã Spela Rogelj completou o pódio. Na segunda prova, porém, Takanashi ficou até fora do pódio! A austríaca Daniela Iraschko-Stolz foi a vencedora com 264 pontos, impedindo uma dupla vitória de Vtic, prata com 260.3. A também austríaca Chiara Hoelz foi a terceira colocada. 

Os dois tropeços de Sara Takanashi na Eslovênia impediu sua conquista antecipada da Copa do Mundo de Esqui Saltos feminina. Ela segue líder, com 1310 pontos, contra 929 pontos de Iraschko-Stolz. Ainda faltam 500 pontos em disputa e a japonesa segue próxima do título. A próxima etapa para as mulheres será no dia 19 de fevereiro em Lahti, na Finlândia. 

Masculino

Se entre as mulheres a disputa está encaminhada, entre os homens a situação é idêntica. Peter Prevc segue firme e forte na liderança da Copa do Mundo de esqui saltos e se aproxima de mais um título da competição. 

Em quatro etapas realizadas na última semana, ele simplesmente venceu três delas. Primeiro, ele ficou com o ouro na montanha HS 140 em Trondheim ao conquistar 285.5 pontos - o austríaco Stefan Kraft foi prata e o experiente japonês Noriaki Kasai foi bronze. 

Peter Prevc vence novamente (Divulgação/FIS)
Depois, na disputa flying hill (com montanha HS 225 em Vikersund), Peter Prevc conquistou mais duas vitórias. Na primeira prova, ele saltou para 457.6 pontos, deixando o norueguês Johann Andre Forfang na segunda posição e o esloveno Robert Kranjec em terceiro. Depois, conseguiu 469 pontos e ficou à frente Kraft, novamente medalhista de prata, e do norueguês Andreas Stjernen, bronze. 

O único que conseguiu quebrar a hegemonia de Prevc foi seu compatriota Kranjec, que saltou 432.8 pontos em uma das disputas do flying hill e levou o ouro. Kenneth Gangnes ficou na segunda posição e Noriaki Kasai conquistou mais um pódio em sua interminável carreira. 

Com esta performance, Peter Prevc chegou aos 1574 pontos e abriu 572 pontos do alemão Severin Freund, segundo colocado. Os homens voltam a competir na Copa do Mundo de esqui saltos no próximo fim de semana, entre os dias 19 e 21 de fevereiro também em Lahti. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.