Konigssee realiza última etapa da Copa do Mundo de Bobsled e Skeleton

Coreia do Sul no alto do pódio no bobsled pela primeira vez (Divulgação/IBSF)

A pista alemã de Konigssee organizou neste fim de semana a última etapa da Copa do Mundo de Bobsled e Skeleton desta temporada. A competição, realizada entre 26 e 28 de fevereiro, consagrou quatro favoritos e uma zebra nas duas modalidades. 

A surpresa veio nas duplas masculinas do bobsled. Os sul-coreanos Yunjong Won e Youngwoo Seo voltaram a vencer com 1min39seg50 e conquistaram o título da temporada com 1562 pontos. Esta foi a primeira vez em que um trenó asiático conquistou o título da Copa do Mundo de Bobsled.

O alemão Nico Walther foi o vice-campeão da categoria com 1450, mas termiou apenas na sexta posição nesta última prova. Na etapa, os suíços Beat Hefti e Alex Baumann ficaram com a prata e os alemães Francesco Friedrich e Candy Bauer completaram o pódio. 

No quarteto do bobsled masculino, o trenó alemão comandado por Maximilian Arndt vence mais uma etapa com 1min38seg15 e confirmou o título desta temporada com 1715 pontos. Seu compatriota Francesco Friedrich ficou na terceira posição em Konigssee e terminou na vice-liderança do ranking com 1570 - a Áustria de Benjamin Maier conquistou a prata no encerramento da competição. 

Entre as mulheres no bobsled, a canadense Kaillie Humphries conquistou mais um título da Copa do Mundo ao terminar na segunda posição na última etapa e chegar aos 1720 pontos. As norte-americanas Elana Meyers Taylor e Kehri Jones venceram a última prova com 1min41seg80 - as alemãs Anja Schneiderheinze e Annika Drazek completaram o pódio. 

Por fim, no skeleton, a competição já estava praticamente definida, mas os favoritos venceram novamente. O letão Martins Dukurs levou o ouro na última etapa da Copa do Mundo com 1min40seg82 e terminou o ranking com 1785 pontos - o sul-coreano Sungbin Yun (único que conseguiu vencer Dukurs nesta temporada) ficou com a prata e Tomass Dukurs levou o bronze. 

Entre as mulheres, a alemã Tina Hermann venceu em casa ao obter o tempo combinado de 1min43seg21 e terminou a copa do Mundo de Skeleton com 1737 pontos. Sua compatriota Jacqueline Lölling foi a segunda colocada e também a vice-campeã no ranking. A suíça Marina Gilardoni completou o pódio na última etapa. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.