Guilherme Grahn se aproxima do recorde nacional no esqui alpino

Guilherme Grahn (Divulgação/CBDN)

Neste fim de semana, o jovem brasileiro Guilherme Grahn reencontrou sua boa fase no esqui alpino. O atleta competiu em quatro corridas de slalom e conseguiu conquistar as três melhores marcas desta temporada! Foram duas provas em Borlaenge, no sábado, e outras duas em Gopshus, no domingo. 

Na primeira prova, Guilherme ficou na 17ª posição com o tempo combinado de 1min18seg74 e 46.45 pontos FIS - o sueco Max-Gordon Sundquist venceu com 1min15seg41 e 14.65 pontos. Depois, ainda no sábado, o brasileiro foi o 18º, com 1min21seg20 e 42.91 pontos. O sueco Kristoffer Jakobsen foi o vencedor com 1min18seg34 e 16.62 pontos. 

No domingo, em Gopshus, o representante nacional conseguiu melhorar ainda mais a sua marca. Primeiro ele conquistou a 14ª colocação, com 1min35seg80 e 41.49 pontos FIS - Max-Gordon Sundquist ficou com mais um ouro ao obter o tempo de 1min32seg50 e 15.80 pontos. 

O melhor, porém, veio na última prova: Guilherme foi o 13º com 1min31seg88 e 36.49 pontos, muito próximo do recorde nacional (36.10, obtido pelo próprio atleta). Gustav Lundbaeck, da Suécia, venceu com 1min29seg08 e 13.86 pontos. 

"Era uma pista difícil e muito agressiva, e uma prova com muitos bons esquiadores. Minha segunda descida foi muito rápida. Estou muito feliz comigo e com os novos pontos", comentou o atleta ao site da CBDN.

Guilherme Grahn deve competir em mais algumas provas suecas no esqui alpino até abril, antes do fim da temporada. A expectativa é que ele consiga quebrar o recorde nacional mais uma vez. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.