Na elite, Brasil encerra participação no Mundial de Eisstocksport

Lançamento do time brasileiro no Mundial (Reprodução)

Neste sábado, dia 27, a delegação brasileira se despediu da edição 2016 do Mundial de Eisstocksport realizada em Ritten, na Itália. O time masculino participou do returno da prova por equipe e conseguiu conquistar o objetivo principal: se manter na elite da competição em 2018. 

A missão não era tão simples. Na primeira parte da disputa, na quarta-feira, o Brasil venceu apenas uma partida e terminou na última colocação. Agora, porém, foram quatro vitórias em dez jogos, o que levou o país a terminar em nono - à frente da Austrália e da Rússia. 

Com 18 vitórias, um empate e apenas uma derrota, a Itália terminou na liderança da primeira fase. Além dos donos da casa, as seleções da Alemanha, Áustria e Estados Unidos também garantiram vaga na decisão deste domingo. O último dia do Mundial de Eisstocksport também conta com as finais entre as mulheres e nas provas individuais. 

Já os brasileiros podem retornar de cabeça erguida e com a sensação de dever cumprido. Por mais que a medalha no individual por equipes não tenha vindo dessa vez, os atletas nacionais conquistaram excelentes resultados em todas as provas - incluindo um Top 25 no individual. Agora, é aprofundar os treinos e, quem sabe, tirar do papel a tão sonhada arena de gelo em Santa Cruz do Sul (RS). 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.