Romênia e México sobem no Mundial Júnior de hóquei

Romenos comemoram o acesso (Mirko Lazovic)

A elite do Mundial Júnior de hóquei no gelo masculino já competiu nesta temporada (com título brilhante da Finlândia), mas as divisões inferiores só conheceram seus campeões neste último fim de semana. Romênia e México, para o bem do esporte na América Latina, foram os destaques das competições. 

A seleção romena conquistou o Grupo B da Segunda Divisão, realizado na Sérvia, e ficou com a vaga para o Grupo A na próxima temporada. O título foi confirmado apenas na última rodada. Com 11 pontos, o país enfrentou a Espanha, líder com 12, e quem vencesse ficava com o troféu. Melhor para a Romênia, que fez 6 a 5 em um jogo emocionante. Na outra ponta da tabela, a China perdeu as cinco partidas e foi rebaixada para a terceira divisão. 

Em seu lugar entra o México, que sediou e conquistou a Terceira Divisão do Mundial sub-20 de hóquei no gelo. Com cinco vitórias e uma derrota, os jovens mexicanos garantiram a primeira posição com 15 pontos e escreveram seus nomes na história da modalidade na América Latina. 

Na última rodada, a equipe não teve dificuldades para vencer a África do Sul, lanterna com nenhum ponto conquistado, por 9 a 2 e confirmar o acesso. O jogo-chave para o México foi a antepenúltima rodada, na vitória de 4 a 1 sobre a Nova Zelândia, vice-líder da competição - com esse triunfo, nem mesmo o tropeço contra a Islândia no penúltimo jogo tirou a confiança da torcida. 

A próxima disputa do Mundial de Hóquei no Gelo será o Grupo B da terceira divisão da categoria sub-18 masculina entre 14 e 19 de fevereiro, na África do Sul. Antes, porém, acontece a penúltima qualificação olímpica adulta para os Jogos de Pyeongchang-2018. Os jogos acontecem entre 11 e 14 de fevereiro em três sedes diferentes. 

México conquista terceiro ouro na categoria (German Garcia)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.