Moscou volta a sediar Copa do Mundo de Luge natural

Egorov comemora primeira vitória de um russo no Luge natural (Reprodução)

Após doze anos afastada da Copa do Mundo de Luge em pista natural, Moscou, capital da Rússia, organizou neste fim de semana a antepenúltima etapa da competição nesta temporada. A pista, ainda desconhecida por grande parte dos atletas atuais, proporcionou algumas surpresas. 

A principal delas, aliás, aconteceu na disputa masculina. Pela primeira vez na história, um russo venceu uma prova na Copa do Mundo de Luge em Pista natural. Aleksandr Egorov foi o dono do feito, com 36seg73 (apenas uma descida foi permitida). Juri Talikh, também da Rússia, foi o segundo e Bernd Neurauter completou o pódio. 

Pela segunda etapa consecutiva, o brasileiro Rafael Manfrinato conseguiu a classificação para a prova de elite na Copa do Mundo, mas ele não completou a prova. Na qualificação, realizada no sábado, o atleta da CBDG enfrentou dificuldades e foi o 24º - e último - colocado, com 1min01seg62. 

No ranking desta temporada, o italiano Patrick Pigneter segue na liderança, com 346 pontos, seguido pelo seu compatriota Alex Gruber, com 285, e do austríaco Thomas Kammerlander, com 265. Rafael Manfrinato é o 43º, com 19 pontos. 

No feminino, a vitória também foi russa, com Ekaterina Lavrentyeva, que completou o percurso em 37seg17.  Evelin Lanthaler, da Itália, ficou com a prata e Tina Unterberger, da Áustria, foi bronze. No ranking, Lanthaler segue na ponta, com 370 pontos, contra 310 de Unterberger. 

Por fim, nas duplas, Patrick Pigneter e Florian Clara impediram o terceiro russo ao marcarem 38seg16. As duplas russas Aleksandr Egorov/Petr Popov e Aleksei Martianov/Ivan Rodin ficaram com a prata e bronze, respectivamente.  Com quatro vitórias em quatro etapas, Pigneter e Clara têm 400 pontos, contra 280 de Egorov/Popov. Só um desastre tira o título da Copa do Mundo de Luge em pista natural dos italianos. 

A próxima etapa da competição acontece entre os dias 29 e 31 de janeiro em Deutschnofen, na Itália. É a penúltima etapa da Copa do Mundo e deve marcar a despedida de Rafael Manfrinato desta temporada. 

Júnior

Enquanto Rafael Manfrinato encarava a neve russa, os jovens Geraldo Gabriel de Oliveira e Yuri Assine representavam o país na Copa do Mundo Júnior de Luge em pista natural. A competição aconteceu neste fim de semana em Kindberg, na Áustria. 

Os brasileiros seguem evoluindo e, mesmo encarando apenas o segundo torneio na modalidade, já conseguiram fugir da última posição. Yuri Assine foi o 26º, com 2min17seg25. Na sequência, aparece Geraldo Gabriel com 2min21seg09. A última colocação foi do polonês Patryk Budny, três segundos atrás. Já a vitória foi de Florian Markt, da Áustria, com 1min54seg67.

Esta foi a última etapa da Copa do Mundo Júnior de luge em pista natural. No ranking, os brasileiros terminaram empatados com 32 pontos, dividindo a 33ª posição. Atrás deles estão oito atletas. O título da temporada ficou com Jack Leslie, da Nova Zelândia, que conquistou 330 pontos. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.