América do Norte sedia quatro provas de esqui freestyle

Da mesma forma que no snowboard, o esqui livre também teve uma agenda completa pela primeira vez nesta temporada. No mesmo fim de semana aconteceram provas de esqui cross, moguls, halfpipe e slopestyle, todas realizadas na América do Norte. Confira os resultados: 

Esqui Cross

A chegada emocionante do esqui cross masculino (GEPA Pictures)

A cidade canadense de Nakiska sediou a etapa da Copa do Mundo de Esqui Livre cross neste último fim de semana. A atleta Marielle Thompson aproveitou o fator casa e foi dominante entre as mulheres: depois de dominar a qualificação, ela venceu a bateria decisiva, chegando à frente da sueca Anna Holmlund, prata, e da austríaca Andrea Limbacher, bronze. 

Entre os homens, a competição foi mais acirrada. O canadense Brady Leman liderou grande parte da corrida, mas foi ultrapassado pelo francês Jean Frederic Chapuis e o suíço Armin Niederer. No photo-finish, melhor para o atleta da França, que conquistou mais um ouro. O representante da Suíça ficou com a prata e o atleta da casa foi o bronze. 

No ranking da Copa do Mundo de esqui cross, Jean Frederic Chapuis segue na liderança masculina com 570 pontos, cem a mais do que Brady Leman. Entre as mulheres, a sueca Anna Holmlund tem 670 pontos, contra 429 da francesa Alizee Baron e 427 de Marielle Thompson. A próxima etapa da competição acontece entre os dias 12 e 14 de fevereiro em Idre, na Suécia. 

Esqui Moguls

Irmãs Chloe, Justine e Maxime Dufour-Lapointe (Canadian Ski Freestyle Association)

No sábado, dia 23, a cidade canadense Val St. Come sediou a etapa da Copa do Mundo de Esqui Livre Moguls, com uma prova masculina e outra feminina. Contando com o apoio da torcida, os atletas da casa se sobressaíram sobre os demais, conquistando cinco das seis medalhas em disputa. 

O mais surpreendente foi a prova feminina, em que as irmãs Dufour-Lapointe conquistaram as três primeiras posições. A caçula, Justine, atual campeã olímpica e mundial, venceu a prova com 86.49 pontos. Chloe, a irmã do meio, ficou com a prata, e Maxime, a mais velha, foi bronze. 

No masculino, o favorito Mikael Kingsbury venceu mais uma ao marcar 93.42 pontos em sua descida. O australiano Matt Graham foi o único intruso do pódio ao ficar com a prata. Laurent Dumais conquistou a última medalha canadense com o bronze. 

Com dois ouros em duas provas, Kingsbury tem 200 pontos e lidera o ranking da Copa do Mundo de Moguls entre os homens. No feminino, Chloe Dufour-Lapointe tem 140 pontos e é seguida de perto por sua irmã Justine, com 124. No próximo dia 30, Calgary, também no Canadá, organiza mais uma etapa da competição. 

Esqui Slopestyle & Halfpipe

Joss Christensen vence etapa da Copa do Mundo de esqui slopestyle (USSA)

Por fim, o resort norte-americano de Mammoth Mountain também organizou a Copa do Mundo de Esqui Livre Slopestyle e Halfpipe entre os dias 22 e 24 de janeiro. Foi a primeira etapa da competição nesta temporada do hemisfério norte - em agosto, a Nova Zelândia organizou o primeiro evento.

No halfpipe, o norte-americano Gus Kenworthy, vice-campeão olímpico, levou o ouro entre os homens com 94.60 pontos em sua apresentação. Seus compatriotas David Wise e Aaron Blunck ficaram com a prata e bronze, respectivamente. No feminino, a japonesa Ayana Onozuka, bronze em Sochi, venceu com 85 pontos. Devin Logan, dos EUA, foi a segunda e Janina Kuzma, da Nova Zelândia, foi a terceira. 

Já no slopestyle, o campeão olímpico Joss Christensen, também norte-americano, conquistou mais um título no esqui livre ao marcar 89 pontos em sua apresentação. Seu compatriota Mcrae Williams foi o segundo e o norueguês Oystein Braaten completou o pódio. Entre as mulheres, o ouro foi da canadense Yuki Tsubota, com 84.40 pontos. A suíça Giulia Tanno ficou com a prata e a sueca Emma Dahlstrom com o bronze. 

No ranking da Copa do Mundo de Esqui Livre Halfpipe, Devin Logan é a primeira entre as mulheres com 180 pontos, contra 160 de Onozuka. No masculino, o francês Kevin Rolland tem 136, contra 105 de seu compatriota Benoit Valentin. No ranking de slopestyle, a norueguesa Tiril Sjaastad Christiansen é a primeira com 145 pontos, contra 129 de Tsubota. Já Joss Christensen é o primeiro com 160 pontos na disputa masculina, vinte pontos à frente de Braaten. 

Entre os dias 3 e 5 de fevereiro, o resort de Park City, também nos Estados Unidos, organiza mais uma etapa do Halfpipe. Já no dia 12, em Boston, acontece a prova de big air. O slopestyle retorna apenas nos dias 12 a 14 de fevereiro em Pyeongchang, na Coreia do Sul. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.