Com equipe recorde, Brasil participa da Copa IBU de Biatlo

Equipe brasileira de Biatlo (Reprodução/Facebook)

Este último fim de semana foi histórico para a equipe brasileira de Biatlo. Com seis atletas, sendo três em cada gênero, o país participou da segunda etapa da Copa IBU da modalidade em Ridnaun-Val Ridanna, na Itália. Se não estiver enganado, foi a maior delegação brasileira em uma competição oficial neste esporte.

Desta forma, o Brasil conseguiu participar pela primeira vez na história de uma competição de revezamento misto no Biatlo. Na sexta-feira, Gabriela Neres, Bruna Moura, Caio Moreira e Leandro Lutz representaram o país no revezamento 2x6km feminino + 2x7,5km masculino e terminaram na 24ª colocação, a última da disputa, uma volta atrás. A vitória foi do time russo, com 1h14min46seg4 e apenas dois tiros errados.

Depois, no sprint, os atletas ganharam a companhia de Mirlene Picin, no feminino, e Fabrizio Bourguignon, no masculino. Mirlene, aliás, foi a melhor brasileira no sprint feminino 7,5km ao terminar na 90ª posição, com 28min39seg5, três tiros errados e 29% acima da média do pódio.

Bruna Moura foi a 91ª,com 29min00seg4 e dois tiros desperdiçados (30,6%), e Gabriela Neres ficou na 95ª colocação, com 30min33seg2 e três tiros ruins (37,5%). A vitória foi de Iryna Varvnets, da Ucrânia, com 22min03seg9 e desempenho perfeito no estande de tiro. No total, cem competidoras terminaram a prova.

No sprint 10km masculino, o melhor brasileiro foi o jovem Caio Moreira, que terminou na 131ª posição com o tempo de 35min40seg2, mesmo com seis tiros errados, e uma marca 40,8% superior ao pódio. Leandro Lutz aparece na sequência, na 132ª colocação, com 35min41seg6 e cinco tiros errados (40,9%). Já Fabrizio Bourguignon foi 135º, com 38min06seg9 e apenas um tiro errado (50,4%). A vitória foi de Anton Babikov, da Rússia, com 25min10seg8 e um tiro desperdiçado.

Infelizmente, nenhum brasileiro conseguiu uma marca inferior a 20%, marca para participar da prova de perseguição, neste domingo. (Atualização: na verdade, a classificação para a perseguição independe do percentual, mas sim da posição no sprint - os 60 melhores avançam)Nos 10km feminino, a vitória foi da russa Galina Nechkasova, com 31min49seg1 e um tiro ruim. Nos 12,5km masculino, Anton Babikov venceu de novo com 33min45seg0 e dois tiros errados.

A terceira etapa da Copa IBU de Biatlo acontece no próximo fim de semana, entre os dias 18 e 19 de dezembro, na cidade austríaca de Obertilliach. Abaixo, é possível ver um vídeo produzido pela União Internacional de Biatlo sobre o fim de semana histórico do time brasileiro.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.