Moguls e Cross movimentam Copa do Mundo de Esqui Livre

Neste fim de semana tivemos duas disputas da Copa do Mundo de Esqui Livre. Na categoria cross, os competidores participaram da segunda etapa da competição, enquanto que os atletas de Moguls estrearam na temporada. Confira os resultados completos: 

Moguls

Chloe Dufour-Lapointe, à direita, em ação no ano passado (Agence Zoom)

Coube à cidade de Ruka, na Finlândia, abrigar a primeira etapa da Copa do Mundo de Esqui Livre Moguls desta temporada. A abertura foi com uma disputa dual moguls, em que dois competidores descem ao mesmo tempo e são avaliados por juízes. As provas foram realizadas neste sábado de manhã. 

No feminino, a vitória ficou com a norte-americana Mikaela Matthews, que derrotou a russa Regina Rakhimova na bateria decisiva por 23 a 12. A medalha de bronze ficou para Chloe Dufour-Lapointe, do Canadá, que venceu a norueguesa Hedvig Wessel pelo mesmo placar na disputa pelo bronze. 

Entre os homens, o titulo foi para o canadense Mikael Kingsbury, atual tetracampeão geral da Copa do Mundo de Esqui Livre. Ele somou 20 pontos contra 15 do francês Benjamin Cavet na disputa pelo ouro. Ikuma Horishima, do Japão, completou o pódio ao derrotar o também canadense Philippe Marquis por 22 a 13 na disputa pelo bronze. 

A disputa do Moguls retorna apenas em 2016. Antes, porém, temos a estreia do Aerials na Copa do Mundo de Esqui Livre entre os dias 19 e 20 de dezembro na cidade de Pequim, na China. 

Esqui Cross

Anna Holmlund voa para o primeiro ouro (GEPA Pictures)

Já na cidade de Val Thorens, na França, aconteceu a segunda etapa da Copa do Mundo de Esqui Livre Cross. Foram duas descidas para cada gênero entre a sexta-feira, dia 11, e o sábado. 

A sueca Anna Holmlund foi a grande destaque ao vencer as duas provas femininas. Na primeira, ela chegou à frente da sua compatriota Sandra Naeslund, prata, e da francesa Ophelie David, bronze. Depois, Holmlund levou o segundo ouro com Alizee Baron, da França, na segunda posição, e Andrea Limbacher, da Áustria, em terceira. 

No masculino, dois vencedores diferentes. O canadense Christopher Delbosco venceu a bateria decisiva da primeira prova, deixando o esloveno Filip Flisar com a prata e o também canadense Brady Leman com o bronze. Na última descida, foi a vez do francês Jean Frederic Chapuis vencer e fazer a alegria da torcida local - Thomas Harasser, da Áustria, foi o segundo e Delbosco completou o pódio. 

Com duas medalhas nos alpes franceses, Christopher Delbosco assumiu a ponta do ranking da Copa do Mundo de Esqui Cross com 260 pontos, 80 à frente do seu compatriota Brady Leman. Entre as mulheres, Anna Holmlund lidera com 280 pontos, contra 195 de Marielle Thompson, do Canadá. A próxima etapa da competição acontece em Innichen, na Itália, entre os dias 18 e 20 de dezembro. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.