Copas do Mundo de Esqui Nórdico acontecem na Noruega

Pela primeira vez na temporada, as três modalidades de esqui nórdico tiveram etapas de suas Copas do Mundo deste ano. Cross-Country e Saltos realizaram as segundas baterias de provas, enquanto que o Combinado Nórdico teve suas primeiras disputas. Coube à Lillehammer, na Noruega, organizar estas três competições neste último fim de semana. Confira os resultados: 

Cross-Country

Therese Johaug e Heidi Weng, da Noruega (Divulgação/NordicFocus)

Os atletas da casa, mais uma vez, atropelaram os rivais: a Noruega conquistou nada menos do que os quatro ouros na disputa. No skiathlon 7,5km feminino, Therese Johaug venceu com 42min17seg7, com sua compatriota Heidi Weng conquistando a prata, 1min30seg atrás - a sueca Charlotte Kalla completou o pódio. Na versão masculina, com 15km em cada um dos estilos, Martin Sundby levou o ouro com 1h19min22seg9. Os também noruegueses Niklas Dyrhaug e Hans Christer Holund conquistaram a prata e o bronze, respectivamente. 

No revezamento 4x5km feminino o time da Noruega 1 venceu com 53min33seg1, dois minutos à frente das finlandesas, segundas colocadas, e das norte-americanas, terceiras. Entre os homens, no revezamento 4x7,5km, a supremacia foi ainda maior: a "Noruega 1" conquistou o título com 1h13min25seg7, enquanto que "Noruega 3" ficou com a prata e "Noruega 2" completou o pódio. 

Com os ouros nesta etapa, Therese Johaug e Martin Sundby seguem na liderança da Copa do Mundo de esqui cross-country. Ela possui 443 pontos e ele 466. A próxima etapa da competição acontece em Davos, na Suíça, entre os dias 12 e 13 de dezembro. 

Esqui Saltos

Severin Freund é o líder do esqui saltos (Divulgação/FIS)

Realizada em uma montanha HS 100, Lillehammer abrigou a segunda etapa masculina e a primeira feminina da Copa do Mundo de Esqui Saltos. Entre as mulheres, a vencedora foi Sara Takanashi, que conseguiu 251.7 pontos em sua apresentação. A prata ficou com a eslovena Maja Vtic e o bronze foi para a norueguesa Maren Lundby.

Na primeira prova masculina, com apenas um salto, o alemão Severin Freund venceu com 129.7 pontos, apenas 0.1 ponto à frente do norueguês Kenneth Gangnes, medalhista de prata - Andreas Sternjen, também da Noruega, foi bronze. Na segunda prova, Gangnes deu o troco e venceu com 278.2 pontos. O esloveno Peter Prevc foi o segundo e o norueguês Johann Andre Forfang completou o pódio. 

Sara Takanashi, por motivos óbvios, lidera o ranking feminino com 100 pontos. No ranking masculino, a primeira posição é de Severin Freund, com 205, um à frente de Kenneth Gangnes. A próxima etapa da Copa do Mundo de Esqui Saltos acontece em Nizhny Tagil, na Rússia, entre 11 e 13 de dezembro. 

Combinado Nórdico

Fabian Riessle (Divulgação/NordicFocus)

Por fim, Lillehammer abrigou também a primeira etapa da Copa do Mundo de Combinado Nórdico. Foram duas provas, uma com saltos HS 138 e outra com HS 100 - ambas com provas de 10km de cross-country. 

No HS 138, a vitória ficou com Fabian Riessle, da Alemanha, que conseguiu 25min22seg4 na prova de cross-country - o japonês Akito Watabe foi prata e o finlandês Iikka Herola foi bronze. Depois, no HS 100, o norueguês Magnus Krog levou o ouro ao marcar 25min41seg8, à frente de Riessle, segundo colocado, e Lukas Klapfer, da Áustria, terceiro. 

Com um ouro e uma prata, Fabian Riessle já lidera o ranking da Copa do Mundo de Combinado Nórdico com 180 pontos, 48 à frente de Magnus Krog. A próxima etapa da competição acontece entre os dias 19 e 20 de dezembro, em Ramsau am Dachstein, na Áustria. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.